'Fiquei muito satisfeito', diz Doria sobre pesquisaÍcone de fechar Fechar

Coluna do Diário

'Fiquei muito satisfeito', diz Doria sobre pesquisa


    • São José do Rio Preto
    • máx 32 min 18

Em Catanduva, o governador João Doria (PSDB) afirmou neste sábado que a pesquisa do Diário publicada ontem com a avaliação do seu governo mostra que a população em Rio Preto aprova os primeiros meses da sua gestão no Palácio dos Bandeirantes. "Eu vi logo pela manhã o resultado da pesquisa e confesso que fiquei muito satisfeito. Embora a pesquisa reproduza o retrato do momento, o momento na região de São José do Rio Preto é muito positivo para o governo do Estado de São Paulo", afirmou o tucano. "Reproduz a eficiência, o trabalho e a seriedade do nosso governo e a convicção de que estamos no caminho certo. E a população, ao responder os questionários e aprovar a nossa gestão, confirma que este é o melhor caminho".

No levantamento, 31,4% dos entrevistados na cidade pelo Instituto PHD classificaram como "ótima" ou "boa" a gestão de Doria. Outros 26,2% avaliam o governo como "regular" e 15,9% disseram que a administração do Estado é "ruim" ou "péssima". Para o presidente estadual do PSDB, Marco Vinholi, a pesquisa reflete o trabalho do governador na cidade, com a implantação de novos projetos como o Batalhão de Ações Especiais de Polícia (Baep) e o Corujão da Saúde.

O vice-governador Rodrigo Garcia (DEM), que está em viagem a Singapura, também comentou o resultado do levantamento. "São Paulo é a terra do trabalho. É por meio dele que vamos apresentando pouco a pouco os resultados daquilo que fizemos nesse início de Governo, como a instalação do Baep, investimentos em equipamentos de segurança e mais recursos para o Hospital de Base (HB)", afirmou Garcia. "Sabemos que ainda há muito o que fazer, mas os números demonstram que a população reconhece o esforço do governador Doria ao trabalhar para consolidar o nosso Estado, cada vez mais, como a terra da oportunidade, com geração de emprego e melhoria na qualidade de vida de quem mora aqui."

Mesmo palanque

Doria cumpriu agenda neste sábado, 14, na região de Rio Preto. Ele esteve em Pindorama na inauguração de um Centro de Convivência do Idoso e o setor de radioterapia no Hospital do Câncer em Catanduva. O tucano conseguiu colocar no mesmo palanque adversários históricos: a deputada estadual Beth Sahão (PT) e os Vinholi, pai e filho (PSDB). "Não importa o partido ou lado. Temos de parar com o extremismo da esquerda e da direita. Deixem as brigas para a campanha eleitoral", afirmou o governador.

Marketing

O presidente do PSL de Rio Preto, Paulo Bassan, convocou filiados nas redes sociais para participar de palestra sobre marketing político na próxima quarta-feira, 18, na sede do diretório. Não custa lembrar que o alerta do deputado federal Coronel Tadeu (PSL), que coordena o partido na região. Ele disse que é "enganação" quem acha que vai se eleger em 2020 só por conta da filiação no partido do presidente Jair Bolsonaro.

Festa da Uva

O deputado federal Geninho Zuliani aproveitou a abertura da Festa da Uva e Mel em Jales para se reunir com membros do DEM de toda a região de Rio Preto. O anfitrião foi o prefeito de Jales, Flávio Prandi Franco (DEM). "A cidade é grande produtora da fruta no Noroeste paulista, com mais de 350 produtores, o que movimenta a economia e gera empregos", escreveu Geninho no Facebook.

Mais câmeras

A vereadora Cláudia De Giuli (PMB) revelou nas redes sociais que se encontrou com o presidente da Fiesp, Paulo Skaf (foto), para pedir mais câmeras de segurança ao redor do Sesi na Represa Municipal. "Skaf entendeu que precisamos de apoio para combater o abandono de animais na Represa", afirmou a vereadora.

CPI da Lava Jato

O líder do governo no Congresso Nacional, deputada federal Joice Hasselmann (PSL), escreveu nas redes sociais que muitos colegas alegaram que foram enganados, que assinaram o requerimento de CPI da Lava Jato a pedido de um líder ou de um colega sem saber o que estavam assinando. "Estou com minha equipe da liderança do governo no Congresso buscando as medidas regimentais e jurídicas para enterrar essa aberração que quer transformar o mocinho em bandido", escreveu no Facebook.

Segue a multa

O Ministério Público de São Paulo emitiu parecer contrário ao recurso do ex-prefeito de Rio Preto Valdomiro Lopes (PSB) que suspendeu cobrança de multas e ressarcimentos que passam de R$ 3,5 milhões. A cobrança é referente a condenação dele e 13 vereadores pela aprovação de lei que criou cargos em comissão considerados ilegais. Para o MP da Capital, negativa da Justiça com relação à proposta de Valdomiro (foto) em parcelar a multa em 48 vezes não tem ilegalidade. Agora, o Tribunal de Justiça (TJ) vai julgar mérito do recurso.

Indefinido

É por conta dessa condenação de Valdomiro, que determina ainda suspensão dos direitos políticos por cinco anos, que o tabuleiro eleitoral do ano que vem é recheado de dúvidas. Por ora, o ex-prefeito não está inelegível, porque há recursos pendentes em Brasília, no Superior Tribunal de Justiça (STJ). Se a sentença for mantida, a situação de Valdomiro para ser candidato se complica.

Inspeção

A Câmara de Rio Preto votou na sessão da última terça projeto que exige que a Prefeitura faça inspeções em todos viadutos da cidade anualmente e divulgue laudos sobre a situação de cada um. O projeto é do vereador Jean Dornelas (PSL). Divulgar laudo de viadutos é algo que o secretário de Obras, Sérgio Issas, não tem por hábito fazer.

 

Vai recorrer - A empresa Succespar Real Estate Desenvolvimento Imobiliário vai recorrer da decisão da Justiça que concedeu liminar para cancelar a compra da sede do clube Palestra em Rio Preto por R$ 60 milhões. Um dos argumentos é de que até o momento a empresa não fez nenhum pagamento. A empresa alega que adquiriu a área em março de 2018 "seguindo todos os ritos legais da legislação vigente".

Articulação - O pré-candidato a prefeito pelo PSDB, Beto Perosa, deve conversar ao pé da orelha (foto) com o vereador Renato Pupo (PSD) para levá-lo para o ninho tucano neste final de semana. Conforme a Coluna já antecipou, Perosa quer Pupo como o nome tucano na disputa pela Prefeitura de Rio Preto na eleição de 2020. Dependendo do resultado da conversa, o vereador deve anunciar, em breve, a saída do PSD.

Emenda- O presidente da Câmara de Rio Preto, Paulo Pauléra (PP), apresentou emenda ao projeto do prefeito Edinho Araújo (MDB) que libera atividades de restaurantes e estacionamentos na região da Redentora. A emenda de Pauléra estende a liberação até a região da Faculdade de Medicina (Famerp), no bairro São Manoel. Segundo o vereador, há "demanda acentuada por vagas de veículos da região".

Reta final - Enquanto em Rio Preto a biometria de eleitores ainda não é obrigatória, em algumas cidades da região a situação é diferente. Segundo dados do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), o prazo para a biometria obrigatória termina no final deste mês para 14 cidades, entre elas Irapuã, Cardoso, Sales, Pontes Gestal e Urupês, todas na região de Rio Preto. Quem não fizer a biometria terá título cancelado.

 

As obras de duplicação da rodovia BR-153 no trecho urbano de Rio Preto terão ritmo reduzido a partir da próxima semana. O recurso para a obra tem saldo atual de cerca de R$ 5 milhões, sem previsão ainda de nova liberação por parte do governo federal. O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) recebeu relatório sobre a duplicação, realizado pela empresa Dynatest Engenharia, gerenciadora do contrato de duplicação, que afirma que o recurso não é suficiente para manter o ritmo atual até o final deste mês. A recomendação é para que o consórcio priorize trechos críticos, onde há desvios no trânsito. Obras em viadutos, marginais e na própria pista serão afetadas. "É necessário em caráter de urgência limitar as frentes das obras que atualmente se encontram em execução", diz o relatório.