Diário da Região

01/09/2019 - 12h58min

GP DA BÉLGICA

Leclerc segura Hamilton no fim e tem 1ª vitória na F1

A escuderia italiana não colocava um piloto no lugar mais alto do pódio desde o GP dos EUA em outubro do ano passado

Reuters No topo mais alto do pódio do GP da Bélgica, Charles Leclerc comemora sua 1ª vitória na F1
No topo mais alto do pódio do GP da Bélgica, Charles Leclerc comemora sua 1ª vitória na F1

O GP da Bélgica marcou o encerramento de importantes jejuns na Fórmula 1. Neste domingo, 1, o monegasco Charles Leclerc segurou as investidas de Lewis Hamilton no final para ser o mais rápido no circuito de Spa-Francorchamps, conquistar a primeira vitória de sua carreira na principal categoria do automobilismo mundial e ajudar a Ferrari a derrubar um jejum de quase um ano sem vitória.

A escuderia italiana não colocava um piloto no lugar mais alto do pódio desde o GP dos EUA em outubro do ano passado, quando Kimi Raikkonen, hoje na Toro Rosso, foi o vencedor.

Leclerc se tornou o primeiro piloto de Mônaco a vencer uma corrida na história da Fórmula 1. O jovem, corajoso e arrojado, comemorou muito o resultado com a sua equipe, que veio mesmo após a pressão do pentacampeão mundial Hamilton no final da prova.

Antes da corrida, o francês Anthoine Hubert, que morreu depois de um acidente trágico na corrida da Fórmula 2 no sábado, foi lembrado pelos pilotos e equipes, que fizeram um minuto de silêncio. A mãe do piloto falecido esteve no circuito e foi presenteada com o capacete do filho. Leclerc era próximo de Hubert e também homenageou o amigo, ao cravar o nome dele em sua Ferrari.

"Por um lado é um sonho que tinha desde criança sendo realizado, mas por outro tem sido um fim de semana difícil. Cresci com Anthoine e quero dedicar essa vitória a ele", declarou Leclerc.

Com o segundo lugar na Bélgica, Hamilton amplia a diferença na liderança do Mundial de Pilotos. O inglês tem 268 pontos, 65 de vantagem sobre o companheiro de Mercedes Valtteri Bottas, vice-líder do campeonato e que finalizou a prova em terceiro.

A Ferrari, que havia feito a dobradinha no sábado na sessão classificatória, ficou perto de colocar seus dois pilotos na primeira fila no traçado belga, mas Sebastian Vettel, que chegou a liderar a prova, caiu de rendimento e chegou em quarto, levando um ponto a mais por ter feito a volta mais rápida. O alemão completou um ano sem triunfos na F1 no último dia 26. Neste dia, em 2018, ele venceu justamente o GP da Bélgica.

Beneficiado pela quebra do motor de Lando Norris na última volta, Alexander Albon foi o quinto colocado. O tailandês, que largou no fim do pelotão, fez seus primeiros pontos como piloto da Red Bull e atingiu o melhor resultado da carreira na categoria.

 

Completaram os Top 10, da sexta à décima posições, o mexicano Sergio Pérez, da Racing Point, o russo Daniil Kvyat, da Toro Rosso, o alemão Nico Hulkenberg, da Renault, o francês Pierre Gasly, da Toro Rosso e o canadense Lance Stroll, da Racing Point. Ele ainda é o terceiro na classificação geral do campeonato, com 181 pontos, mas viu Vettel, com 169, encostar. Leclerc tem 157 e é o quinto.

O holandês Max Verstappen teve de abandonar a prova depois de um incidente logo na largada e ficou sem pontuar nesta temporada pela primeira vez. O piloto da Red Bull se chocou com o finlandês Kimi Raikkonen, da Toro Rosso, quebrou a suspensão e bateu no muro, provocando o safety car. No dia do seu aniversário de 25 anos, o espanhol Carlos Sainz Jr, também não completou o percurso em razão de problemas com a sua McLaren.

Os pilotos voltam a acelerar no próximo final de semana, no GP da Itália, a 14ª de 21 etapas da temporada da Fórmula 1. A corrida em Monza será no domingo e a largada está prevista para as 10h10 (de Brasília).

Confira a classificação do GP da Bélgica:

1) Charles Leclerc (MON/Ferrari), a 1h23min45s710

2) Lewis Hamilton (ING/Mercedes), a 0s981

3) Valtteri Bottas (FIN/Mercedes), a 12s585

4) Sebastian Vettel (ALE/Ferrari), a 26s422

5) Alexander Albon (TAI/Toro Rosso, a 1min21s325

6) Sergio Pérez (MEX/Racing Point), a 1min24s448

7) Daniil Kvyat (RUS/Toro Rosso), a 1min29s657

8) Nico Hülkenberg (ALE/Renault), a 1min46s639

9) Pierre Gasly (FRA/Red Bull), a 1min49s168

10) Lance Stroll (CAN/Racing Point), 1min49s838

11) Lando Norris (ING/McLaren), a uma volta

12) Kevin Magnussen (DIN/Haas), a uma volta

13) Romain Grosjean (FRA/Haas), a uma volta

14) Daniel Ricciardo (AUS/Renault), a uma volta

15) George Russell (ING/Williams), a uma volta

16) Kimi Raikkonen (FIN/Alfa Romeo), a uma volta

17) Robert Kubica (POL/Williams), a uma volta.

Abandonaram a prova:

Carlos Sainz Jr. (ESP/McLaren)

Max Verstappen (HOL/Red Bull)

Antonio Giovinazzi (ITA/Alfa Romeo).

 

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Diário da Região

Esperamos que você tenha aproveitado as matérias gratuitas!
Você atingiu o limite de reportagens neste mês.

Continue muito bem informado, seja nosso assinante e tenha acesso ilimitado a todo conteúdo produzido pelo Diário da Região

Assinatura Digital por apenas R$ 1,00*

Nos três primeiros meses. Após o período R$ 16,90
Diário da Região
Continue lendo nosso conteúdo gratuitamente Preencha os campos abaixo para
ganhar + 3 matérias!
Tenha acesso ilimitado para todos os produtos do Diário da Região
Diário da Região Digital
por apenas R$ 1,00*
*Nos três primeiros meses. Após o período R$ 16,90

Já é Assinante?

LOGAR
Faça Seu Login
Informe o e-mail e senha para acessar o Diário da Região.
Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para acessar o Diário da Região.