Diário da Região

27/09/2019 - 00h30min

ECONOMIZE

Confira os preços de 120 produtos em 13 supermercados

Levantamento de preços aponta variação de 50% entre supermercados

Nathane Piloto 25/9/2019 Eliamarcio Amâncio Fidelis tem procurado o melhor preço na hora das compras
Eliamarcio Amâncio Fidelis tem procurado o melhor preço na hora das compras

Os gastos com alimentação representam uma parcela significativa no orçamento doméstico e a oscilação de preços pode causar um grande impacto, por isso o consumidor deve pesquisar os preços antes de sair às compras.

Na pesquisa desta sexta-feira, 27, o Diário cotou os preços de 120 produtos em 13 supermercados. A variação total da cesta básica montada com itens alimentícios, de higiene pessoal e produtos de limpeza chegou a R$ 319,58. A cesta mais cara custa R$ 954,68 e a mais barata, R$ 635,10, uma diferença de 50%.

Os legumes estão entre os produtos que têm a maior variação de valor. A diferença de preço chega a 399% no quilo da cenoura - os preços extremos foram R$ 4,89 e R$ 0,99 - e de 371% na batata (R$ 5,89 e R$ 1,25). O responsável pela menor variação da superlista é o feijão carioca da marca Terra Nobre, de 13%. Os preços variam de R$ 3,89 a R$ 4,39.

As variações de preços estão deixando os consumidores cada vez mais atentos quando vão às compras. Por isso, a micropigmentadora Gislane dos Santos Cruz está sempre pesquisando os preços nos mercados mais próximos de sua casa. "Por ir direto em três supermercados sei os preços dos produtos. Vejo onde está mais barato e retorno para fazer a compra. Tem muita diferença de um mercado para outro."

O autônomo Eliamarcio Amâncio Fidelis também pesquisa preços e procura comprar o que é necessário, sempre com o melhor preço. "Pego panfletos de vários supermercados e compro sempre os produtos da promoção. Como trabalho na rua, quando estou próximo a algum supermercado e tem produto em oferta, eu paro e compro."

Clique aqui para ver a tabela de preços.

Clique aqui para ver a tabela dos preços de cesta básica.

Cuidado com anúncios falsos na internet

A Associação de Consumidores Proteste está alertando os consumidores que costumam comprar utilizando links de anúncios nas redes sociais para não acabar no prejuízo. Ao navegar pelas redes sociais, o usuário é impactado pelos mais variados anúncios, em geral relacionados aos seus interesses.

Em geral, anúncios que oferecem ofertas muito vantajosas são fraudes. Com frequência, o golpe é feito utilizando nomes e logotipos idênticos, ou muito semelhantes a grandes marcas, como Americanas.com ou Mercado Livre. Depois de realizado o pagamento, normalmente em boleto ou débito em conta, é difícil identificar os responsáveis e recuperar o dinheiro.

Dessa forma, a Proteste aconselha os consumidores a ficarem atentos. Não acredite em ofertas milagrosas ou com valores muito abaixo do mercado. Além disso, faça a compra acessando diretamente o site oficial da loja e jamais pelo link informado no anúncio. Também é importante pesquisar o histórico das reclamações de outros consumidores pela internet.

Está na dúvida se o site é confiável? Antes de fazer a compra, entre em contato com a Proteste para não cair em golpes: ligue para 4003-3907 (de segunda a sexta, das 9h às 18h).

Uma ótima ferramente de pesquisa é o "Mais Barato Proteste", que faz uma busca automática em diversos sites e indica a loja com o menor preço do produto pesquisado. A pesquisa é feita pelo site https://www.proteste.org.br/.

 

Aproveite

Começa novo pagamento de parte do saldo do FGTS

A Caixa Econômica Federal começa nesta sexta-feira, 27, a nova fase do pagamento da verba de R$ 500 do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). Receberão os trabalhadores nascidos em maio, junho, julho e agosto e que tenham conta poupança na Caixa. No dia 9 de outubro, recebem os nascidos em setembro, outubro, novembro e dezembro. Os beneficiados têm um limite de saque de R$ 500 por conta. Veja dicas do educador financeiro Reinaldo Domingos:

- Inadimplentes: se o valor for suficiente, aproveite para quitar uma dívida em atraso, mas aproveite para pedir descontos. Se não tiver o valor total, é mais interessante investir para ter força para negociar no futuro;

- Equilibrado ou investidor: saque os valores e aplique em investimentos como poupança, CDB e tesouro direto, entre outras, que rendam mais do que o FGTS (atualmente em 3% ao ano). A modalidade escolhida precisa corresponder ao prazo em que se deseja realizar o objetivo, tendo em vista a possibilidade de resgatá-lo no momento desejado sem perder rendimentos.

 

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Diário da Região

Esperamos que você tenha aproveitado as matérias gratuitas!
Você atingiu o limite de reportagens neste mês.

Continue muito bem informado, seja nosso assinante e tenha acesso ilimitado a todo conteúdo produzido pelo Diário da Região

Assinatura Digital por apenas R$ 1,00*

Nos três primeiros meses. Após o período R$ 16,90
Diário da Região
Continue lendo nosso conteúdo gratuitamente Preencha os campos abaixo e
ganhe + matérias!
Tenha acesso ilimitado para todos os produtos do Diário da Região
Diário da Região Digital
por apenas R$ 1,00*
*Nos três primeiros meses. Após o período R$ 16,90

Já é Assinante?

LOGAR
Faça Seu Login
Informe o e-mail e senha para acessar o Diário da Região.
Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para acessar o Diário da Região.