Diário da Região

03/09/2019 - 08h35min

R$ 500 MILHÕES

Polícia Federal prende 19 por fraude em bolsas de estudo

Operação Vagatomia prendeu o dono da Universidade do Brasil José Fernando Pinto da Costa e seu filho por golpe no Fies e no Prouni

Fotos: Divulgação Operação deflagrada pela Polícia Federal investiga fraudes no Fies
Operação deflagrada pela Polícia Federal investiga fraudes no Fies

Atualizada às 18h51

A Polícia Federal prendeu nesta terça-feira, 3, 19 pessoas – entre elas, dois homens e uma mulher de Rio Preto – suspeitas de participarem de um esquema de fraude de R$ 500 milhões na Universidade do Brasil sobre o Programa Universidade para Todos (Prouni) e Financiamento Estudantil (Fies).

Aurélia Sousa Ferreira, Murilo Ferreira de Paula e Paulo Roberto Pereira Marques foram detidos em Rio Preto. Durante a chamada Operação Vagatomia, o dono da faculdade, José Fernando Pinto da Costa, foi preso assim que desceu do avião no Aeroporto Internacional de Guarulhos. 

Segundo a PF, também há suspeita de venda de vagas e transferências de alunos do exterior, principalmente Paraguai e Bolívia.

Cerca de 250 policiais federais cumpriram 77 mandados judiciais em Fernandópolis, Rio Preto, São Paulo, Santos, Presidente Prudente, São Bernardo do Campo, Porto Feliz, Meridiano, Murutinga do Sul, São João das Duas Pontes e Água Boa no Mato Grosso. Entre os mandados estão 11 prisões preventivas, 11 prisões temporárias, 45 ordens de busca e apreensão e 10 medidas cautelares (alternativas à prisão).

De acordo com a PF, as investigações apontam que o líder da organização criminosa é o próprio dono da universidade, José Fernando, que também ocupa o cargo de reitor. O empresário, de 63 anos, e seu filho, que também é sócio do grupo educacional, não só tinham conhecimento, mas também participavam dos crimes, conforme apontou a investigação. Uma estrutura formada por funcionários e pessoas ligadas à universidade dava condições para que as fraudes fossem realizadas.

Na manhã desta terça, o filho foi preso no Aeroporto Internacional de Guarulhos, quando chegava ao Brasil vindo de uma viagem ao exterior. O empresário também foi preso em sua residência em um apartamento em São Paulo. Segundo a polícia, alguns investigados tentaram fugir no momento das prisões e outros jogaram seus celulares de prédios, antes da entrada dos policiais. Os celulares foram recuperados e os foragidos foram localizados e presos.

Os alunos e pais que aceitaram pagar pela vaga e/ou financiamentos públicos também responderão pelos crimes em investigação na medida de suas culpabilidades. Nova investigação será iniciada imediatamente pela PF objetivando identificar todos os pais e alunos que concordaram em pagar pelas fraudes praticadas pela organização criminosa e, portanto, também praticaram crimes.

Como o esquema funcionava

De acordo com as investigações, as "Assessorias educacionais", com o apoio dos donos e toda a estrutura administrativa da universidade negociaram centenas de vagas para alunos (muitos deles já identificados) que aceitaram pagar pelas fraudes a fim de serem matriculados no curso de medicina.

Entre estes alunos, que compraram suas vagas e financiamentos, existem filhos de fazendeiros, servidores públicos, políticos, empresários e amigos dos donos da universidade, todos com alto poder aquisitivo, que mesmo sem perfil de beneficiário do Fies, mediante fraude, tiveram acesso aos recursos do governo federal. Com a sistemática atual de inclusão de dados e aprovação do Fies pelas próprias universidades privadas (beneficiárias dos recursos que aprovam) a PF estima que milhares de alunos carentes por todo o Brasil podem ter sido prejudicados em razão destas fraudes.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Diário da Região

Esperamos que você tenha aproveitado as matérias gratuitas!
Você atingiu o limite de reportagens neste mês.

Continue muito bem informado, seja nosso assinante e tenha acesso ilimitado a todo conteúdo produzido pelo Diário da Região

Assinatura Digital por apenas R$ 1,00*

Nos três primeiros meses. Após o período R$ 16,90
Diário da Região
Continue lendo nosso conteúdo gratuitamente Preencha os campos abaixo para
ganhar + 3 matérias!
Tenha acesso ilimitado para todos os produtos do Diário da Região
Diário da Região Digital
por apenas R$ 1,00*
*Nos três primeiros meses. Após o período R$ 16,90

Já é Assinante?

LOGAR
Faça Seu Login
Informe o e-mail e senha para acessar o Diário da Região.
Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para acessar o Diário da Região.