Diário da Região

19/08/2019 - 11h57min

ESTILO

Populares no final dos anos 1950, os bitons estão de volta

Carros de duas cores fazem sucesso pelas ruas de Rio Preto e atraem motoristas de diferentes idades. Atentas à nova moda, concessionárias oferecem opções bicolores de fábrica e serviço de envelopamento

Mara Sousa 15/8/2019 Anderson Miasaki mostra o Renault Kwid, que tem o teto envelopado
Anderson Miasaki mostra o Renault Kwid, que tem o teto envelopado

Populares no final da década de 1950 e início dos anos 1960, os carros com duas cores estão caindo novamente no gosto dos motoristas. Normalmente com teto de cor diferente do restante da lataria, os novos "bitons", como são chamados, podem ser personalizados e ficam com a cara do dono. O Nissan Kicks, um dos pioneiros da nova moda dos bitons, possui até três opções de cores para o teto, podendo ser laranja, preto ou cinza. "Os clientes procuram um carro mais personalizado. A fábrica só tinha o teto laranja e muitas as pessoas queriam outras cores. Então passaram a adesivar e hoje a gente faz o envelopamento. Muitas vezes quando o carro não vem pintado de fábrica, o cliente adesiva", comenta o vendedor Victor Bertolotti, da Ville Nissan de Rio Preto.

O envelopamento permite que o dono personalize seu carro com mais cores do que um biton original de fábrica, já que é um processo mais simples e ainda pode mudar a cor após um tempo. "A gente tem a Captur, que é biton de fábrica, e o Kwid, que fazemos o envelopamento e o cliente pode optar por várias cores. Já foi a época em que combinar cores era fora de moda. Hoje fazer essa combinação está bem na moda e o produto está em alta", explica o gerente de vendas Anderson Miasaki, da Ville Renault de Rio Preto.

Para Miasaki, a tendência retrô somada à possibilidade de personalização para aproximar o veículo da identidade do motorista faz a moda "saia e blusa" ganhar força novamente. E essa moda não vê idade. Bertolotti garante que os bitons atraem clientes de todas as faixas etárias. "Tem médicos experientes que procuram, da mesma forma tem clientes bem mais jovens também."

O açougueiro Israel Pereira da Costa comprou um Nissan Kicks branco recentemente e optou por fazer o envelopamento do teto na cor vermelha. Para ele, é um diferencial que deixa o carro mais bonito. "Dá uma diversificada na cor, a gente procura uma coisa diferente e o carro fica mais bonito." O diferencial, no entanto, tem seu preço. "Quando vem de fábrica, são R$ 1,5 mil a mais. Quando o cliente envelopa, o serviço custa, em média, de R$ 800 a R$ 900. A gente oferece o envelopamento como acessório, com um catálogo de cores e até texturas", explica Bertolotti.

Fazer o envelopamento pode deixar o proprietário preocupado com a pintura do veículo por baixo do adesivo, mas Miasaki assegura que não há risco de danos à lataria se a pintura for original. "Se precisar retirar o adesivo não vai danificar por ser a primeira pintura do carro." No entanto, o gerente alerta que em carros que receberam algum retoque, a pintura pode ser danificada na retirada do adesivo.

(Colaborou Breno Maniezo)

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Diário da Região

Esperamos que você tenha aproveitado as matérias gratuitas!
Você atingiu o limite de reportagens neste mês.

Continue muito bem informado, seja nosso assinante e tenha acesso ilimitado a todo conteúdo produzido pelo Diário da Região

Assinatura Digital por apenas R$ 1,00*

Nos três primeiros meses. Após o período R$ 16,90
Diário da Região
Continue lendo nosso conteúdo gratuitamente Preencha os campos abaixo para
ganhar + 3 matérias!
Tenha acesso ilimitado para todos os produtos do Diário da Região
Diário da Região Digital
por apenas R$ 1,00*
*Nos três primeiros meses. Após o período R$ 16,90

Já é Assinante?

LOGAR
Faça Seu Login
Informe o e-mail e senha para acessar o Diário da Região.
Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para acessar o Diário da Região.