Diário da Região

30/08/2019 - 15h47min

ENCONTRO EM SP

Vinhos portugueses da Península de Setúbal

A península de Setúbal é uma região que fica ao sul de Lisboa, onde são produzidos vinhos de qualidade. Vinhos estes que oferecem ao consumidor uma boa relação custo/benefício

Fotos: Arquivo pessoal Os preços dos vinhos apresentados no evento, custam nas lojas de Portugal algo em torno de 5 a 27,5 euros
Os preços dos vinhos apresentados no evento, custam nas lojas de Portugal algo em torno de 5 a 27,5 euros

A comissão Vitivinícola Regional da Península de Setúbal (CVRSP) promoveu um encontro em São Paulo, em junho de 2019, para apresentar os vinhos de Setúbal.

A península de Setúbal é uma região que fica ao sul de Lisboa, onde são produzidos vinhos de qualidade. Vinhos estes que oferecem ao consumidor uma boa relação custo/benefício.

Nesta região, temos duas áreas destinadas à produção de vinhos com indicação geográfica e denominação de origem.

A primeira: área geográfica (vinho regional) abrange o distrito de Setúbal. Nesta região podem ser produzidos vinhos brancos, tintos, rosados e espumantes.

A segunda: área abrange D.O. Palmela e D.O. Setúbal, englobando os conselhos de Setúbal, Palmela, Montijo e ainda a freguesia do Castelo, no conselho de Sesimbra.

Existe uma grande diversidade de castas cultivadas nesta região, porém, para um vinho ser D.O ele tem, no caso do tinto, que usar pelo menos 80% da casta Castelão e no caso do vinho branco, usar a Moscatel de Setúbal.

O evento e os vinhos apresentados estão cada vez melhores e neste ano de 2019, 40 produtores participaram, trazendo uma boa diversidade de castas.

Os preços dos vinhos apresentados no evento, custam nas lojas de Portugal algo em torno de 5 a 27,5 euros.

Muitos destes vinhos não tinham importador no Brasil e a maioria não tem importador em São Paulo.

Alguns vinhos apresentados são feitos em cooperativa, onde os vinhos são produzidos com o nome da cooperativa. As uvas destes vinhos são selecionadas e misturadas, sem a identificação do produtor delas.

Tive a grata surpresa de conhecer vinhos brancos secos, da cepa Moscatel, além de provar vários vinhos generosos, da variedade Moscatel e Moscatel Roxo.

A Casa Ermelinda Freitas nos surpreendeu com vinhos monocastas das cepas: Pinot Noir, Merlot e Petit Verdot.

A Cooperativa Pegões também trouxe para o evento, um monocasta Syrah, bem interessante.

A Bacalhoa, presente em 7 regiões vinícolas de Portugal, mostrou que o Moscatel de Setúbal e o Roxo 10 anos, são grandes opções de vinhos.

Além dos Moscatéis, provei excelentes vinhos brancos, roses e tintos, com a mesma qualidade que aqueles produzidos em outras regiões de Portugal.

Foi muito bom participar deste encontro!

Pude perceber a evolução constante dos vinhos portugueses e provar mais uma vez os moscatéis e os moscatéis roxos, dos quais gosto muito.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Diário da Região

Esperamos que você tenha aproveitado as matérias gratuitas!
Você atingiu o limite de reportagens neste mês.

Continue muito bem informado, seja nosso assinante e tenha acesso ilimitado a todo conteúdo produzido pelo Diário da Região

Assinatura Digital por apenas R$ 1,00*

Nos três primeiros meses. Após o período R$ 16,90
Diário da Região
Continue lendo nosso conteúdo gratuitamente Preencha os campos abaixo para
ganhar + 3 matérias!
Tenha acesso ilimitado para todos os produtos do Diário da Região
Diário da Região Digital
por apenas R$ 1,00*
*Nos três primeiros meses. Após o período R$ 16,90

Já é Assinante?

LOGAR
Faça Seu Login
Informe o e-mail e senha para acessar o Diário da Região.
Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para acessar o Diário da Região.