Rubro tem novo corte de energia em dez diasÍcone de fechar Fechar

CLUBE EM CRISE

Rubro tem novo corte de energia em dez dias


    • São José do Rio Preto
    • máx 32 min 18

O América teve a energia do estádio Benedito Teixeira cortada pela segunda vez no intervalo de dez dias, por conta da falta de pagamento do fornecimento à CPFL Energia, no valor de R$ 27.931,78, aumentando a crise política nos bastidores do clube. A gestora garante ter feito o pagamento através de acordo com o órgão, com 30% do valor total pago, porém, acusa o presidente Luiz Donizete Prieto, o Italiano, de não ter assinado o acordo. Já o cartola, que reassumiu o comando do clube na quinta, 22, diz ter algo de errado na situação.

"Nós fizemos o pagamento, mas no mesmo dia o Italiano tinha que assinar o acordo. Demos 30 por cento de entrada. O que ele quer é que corte a energia mesmo e deixe o funcionário lá sem luz", disse Fausto Gonçalves, da gestora Faupro.

O funcionário em questão é José Sebastião, que mora nas dependências do Teixeirão e esta semana foi expulso do clube após impedir o retorno de Italiano ao América. "Este corte agora foi porque o acordo não foi homologado. Agora o Italiano terá que fazer outro acordo para a energia ser religada", falou Paulo Rogério, sócio de Fausto.

O cartola, em contrapartida, acredita ter algo de errado na situação e diz que vai analisar na segunda-feira o que fazer. "Eles não concluíram o pagamento, mas ainda não temos certeza de nada", afirmou Italiano.

A nova queda de braço entre o cartola e a gestora é apenas mais um capítulo da situação política do América. Na quinta, 22, Italiano voltou ao comando do clube após um oficial de Justiça cumprir mandado com ajuda da polícia no Teixeirão. Fausto disse que tem contrato com o clube e não deixaria de atuar enquanto a situação não fosse resolvida pela Justiça.