Diário da Região

23/08/2019 - 00h30min

Econoize

Comprar em grande quantidade representa economia no bolso

Comprar em grande quantidade representa economia no bolso

Nathane Piloto 21/8/2019 Fátima Aparecida Fernandes compra itens 
em oferta e em maior quantidade
Fátima Aparecida Fernandes compra itens em oferta e em maior quantidade

Muitos consumidores devem se questionar frequentemente sobre o que realmente vale a pena na hora das compras no supermercado: comprar em maior quantidade ou só o necessário? Segundo o economista Hipólito Martins Filho tudo depende do nível de consumo da família.

De acordo com o especialista, a ocasião certa para comprar em maior quantidade é quando um produto diariamente consumido estiver na promoção e também os não perecíveis. "É importante que o consumidor, quando optar por essa modalidade, compare o preço com a quantidade do produto, e sempre observe a data de validade". Os produtos perecíveis devem ser avaliados com um pouco mais de atenção. Isso porque são itens que possuem validade menor que os outros e estragam facilmente.

No entanto, o economista alerta que deve haver equilíbrio nas compras em maior quantidade, já que o consumidor vai empatar o dinheiro na dispensa e a quantia gasta pode fazer falta na hora de pagar alguma conta.

Produtos de limpeza e higiene como sabão em pó, detergente, papel higiênico, água sanitária e básicos como arroz, feijão, macarrão, óleo de soja e molhos de tomate são itens que, quando comprados em quantidade maiores, podem ser vantajosos em questão de consumo e economia.

Os supermercados do tipo atacarejos - estabelecimentos que vendem no atacado e no varejo - são ótimas opções para compras desse tipo, e os valores costumam ser 30% mais baratos. "É essencial fazer uma pesquisa porque os preços variam de um atacarejo para o outro."

A funcionária publica Fátima Aparecida Fernandes segue uma das orientações do especialista. Ela aproveita as promoções e compra em maior quantidade os produtos que mais consome em casa. "Pesquiso os preços em quatro supermercados, mas sempre compro em maior quantidade quando estou em redes de atacados. Café, leite condensado e açúcar são produtos que compro dessa forma. Eles saem com um desconto quando se leva três unidades; no fim, pago uma diferença boa de preço."

Pesquisa

Na pesquisa desta sexta-feira, o Diário cotou preços de 120 produtos em 14 supermercados. A variação total da superlista chegou a R$ 379,76. O item que mais chama atenção é o patinho. A carne pode ser encontrada por valores extremos de R$ 15,90 e R$ 35,99 o quilo, diferença de R$ 20,09.

Clique Clique aqui para ver tabela de preço de cesta básica

 

Clique Clique aqui para ver tabela de preço

Use a antecipação do INSS com consciência

O INSS liberou o saque da primeira parcela do 13º de aposentados e pensionistas. A antecipação, feita por meio de medida provisória, corresponderá a 50% do valor do benefício, e será pago do dia 26 desse mês até 6 de setembro. O educador financeiro Reinaldo Domingos dá orientações aos aposentados de como usar o dinheiro com consciência.

Endividado ou inadimplente

  • É preciso conhecer os ganhos e gastos e listar todas as dívidas. Para saber quais têm prioridade no pagamento: as de necessidade básica, como energia elétrica, água, gás e moradia; e sobre as quais incidem mais juros, como cheque especial e cartão de crédito. Se a primeira parcela do 13º for suficiente para quitar a dívida, faça. Do contrário, poupe o valor ou uma quantia mensal para conseguir quitar ou negociar com o credor.

Equilibrado financeiramente

  • Quem não tem dívidas, mas também não poupa dinheiro pode achar que está em situação tranquila, mas na verdade está em uma situação preocupante. Isso porque havendo um imprevisto financeiro pode acabar entrando no endividamento por não ter uma reserva. É preciso desenvolver o hábito de poupar.

Investidor

  • Aos que já são investidores, a orientação é usar parte do valor em seus investimentos e direcionar a outra parte para a realização de um sonho. Todo dinheiro poupado precisa ter objetivos correspondentes como uma reserva para emergências, uma viagem ou a reforma da casa. O valor poupado deve ser investido de acordo com o prazo do sonho. Para os de curto prazo, a poupança é indicada. Para os de médio prazo, CDB, LCI e LCA. Já para os sonhos de longo prazo, títulos do Tesouro e até mesmo a previdência privada.

 

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Diário da Região

Esperamos que você tenha aproveitado as matérias gratuitas!
Você atingiu o limite de reportagens neste mês.

Continue muito bem informado, seja nosso assinante e tenha acesso ilimitado a todo conteúdo produzido pelo Diário da Região

Assinatura Digital por apenas R$ 1,00*

Nos três primeiros meses. Após o período R$ 16,90
Diário da Região
Continue lendo nosso conteúdo gratuitamente Preencha os campos abaixo para
ganhar + 3 matérias!
Tenha acesso ilimitado para todos os produtos do Diário da Região
Diário da Região Digital
por apenas R$ 1,00*
*Nos três primeiros meses. Após o período R$ 16,90

Já é Assinante?

LOGAR
Faça Seu Login
Informe o e-mail e senha para acessar o Diário da Região.
Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para acessar o Diário da Região.