Equipes de robótica do Sesi garantem vaga para o mundialÍcone de fechar Fechar
    • São José do Rio Preto
    • máx 32 min 18

As equipes de robótica Sesi Robotronic, de José Bonifácio, e Sesi Robotic Generation, de Rio Preto, confirmaram suas vagas para a disputa do mundial de robótica, o World Robot Olympiad (WRO), que será realizado na Hungria, de 9 a 10 de novembro.

Os times da região conquistaram a classificação na etapa estadual do WRO na categoria Regular para alunos do ensino fundamental de 11 a 14 anos. A equipe de José Bonifácio ficou com o primeiro lugar e o time rio-pretense com a segunda posição na competição que aconteceu na última quarta-feira, 21, em Presidente Epitácio.

Campeã da etapa estadual, a equipe Sesi Robotronic, de José Bonifácio, treinada por Rafael Fernando Perez e formada pelos alunos Gabriel Araújo, 14 anos, Heitor Orsi, 13 anos, e Luis Gustavo, 14 anos, comemorou a conquista da vaga para o mundial.

"Na etapa estadual, nós conseguimos concluir a missão que era fazer um robô capaz de substituir as lâmpadas antigas pelas lâmpadas inteligentes. Conseguimos atingir 190 pontos, dos 200 possíveis. Estamos muito felizes. Conquistar a vaga é uma realização pessoal e profissional", disse o treinador.

Para a disputa do mundial, o desafio do time é deixar o robô mais veloz.

"O grande desafio é manter a pontuação e melhorar o tempo do robô. Na competição mundial, vamos disputar com as outras equipes e, além dos pontos, precisamos melhorar o tempo", explicou Rafael.

Segunda colocada na etapa classificatória para o mundial, a equipe Sesi Robotic Generation, de Rio Preto, comandada pelo técnico Paulo Henrique Paim dos Santos, e formada por Maria Eduarda, 14 anos, Cauã Henrique, 14 anos, e Rafael Brambilla, 14 anos, também festejou a classificação para a Hungria.

"A equipe estava confiante. Temos membros que já participaram de mundiais de robótica e um pequeno probleminha nos tirou o primeiro lugar. Mas ficamos contentes pela vaga conquistada no mundial", disse o técnico.

Segundo Paulo, assim como o time de José Bonifácio, a ideia é melhorar o robô para o mundial da Hungria.

"Temos que deixá-lo mais rápido, melhorar a estrutura e a execução para chegarmos bem no mundial", concluiu.