Diário da Região

13/08/2019 - 09h09min

12 ASSALTOS

Trio suspeito de praticar roubos é preso em Rio Preto

Um dos detidos já tinha sido preso em 2016 após participar do assalto ao Banco do Brasil da avenida Mirassolândia, zona norte, Rio Preto

Divulgação/Polícia Civil Objetos apreendidos na casa de um dos suspeitos
Objetos apreendidos na casa de um dos suspeitos

Três rapazes suspeitos de praticarem roubos em mais de 12 estabelecimentos comerciais em bairros da zona Norte de Rio Preto foram detidos na tarde dessa segunda-feira, dia 12, pela Polícia Militar. Como não havia flagrante, apenas um deles acabou preso por posse ilegal de armas.

Segundo informações do capitão da PM Emanuel Fonseca, o trio teria roubado supermercados, padarias e bares, sempre com o mesmo modo de agir: chegavam de moto, com os rostos ocultados por capacetes de motociclistas ou mascaras e armados com revólver calibre 38.

"Com base nas filmagens dos locais roubados conseguimos listar as principais características físicas, tipo de roupa e calçados até obter a identificação deles", diz o capitão. 

Na casa de um deles, os policiais encontraram uma pistola calibre 22 com munições intactas, arma airsoft, semelhante a um revólver calibre 38 também com munições intactas e uma touca ninja. Todos os objetos foram apreendidos, incluindo uma motocicleta usada nos roubos.

O policial militar Flávio Felix, afirma que todos os suspeitos têm antecedentes criminais por roubos e um deles já tinha sido preso em 2016, por participar do assalto a uma agência do Banco do Brasil, na avenida Mirassolândia, zona Norte de Rio Preto.

"Ele ficou preso por dez meses e foi solto. Novamente foi pego como suspeito de participar desta série de assaltos. Eles foram reconhecidos por testemunhas dos crimes, mas como não foram pegos em flagrantes, tiveram o direito de prestar depoimento e sair em liberdade. Agora, fica a decisão da Polícia Civil solicitar judicialmente a prisão deles", diz o policial.

Um dos suspeitos foi preso e os outros dois responderão em liberdade. As vítimas dos 12 estabelecimentos roubados já reconheceram os suspeitos.

Ainda segundo os policiais, vítimas de roubos nestes últimos meses podem procurar pela Delegacia de Investigações Gerais (DIG) para reconhecimento e indiciamento no inquérito.

(Colaborou Luciano Ramos)

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Diário da Região

Esperamos que você tenha aproveitado as matérias gratuitas!
Você atingiu o limite de reportagens neste mês.

Continue muito bem informado, seja nosso assinante e tenha acesso ilimitado a todo conteúdo produzido pelo Diário da Região

Assinatura Digital por apenas R$ 1,00*

Nos três primeiros meses. Após o período R$ 16,90
Diário da Região
Continue lendo nosso conteúdo gratuitamente Preencha os campos abaixo para
ganhar + 3 matérias!
Tenha acesso ilimitado para todos os produtos do Diário da Região
Diário da Região Digital
por apenas R$ 1,00*
*Nos três primeiros meses. Após o período R$ 16,90

Já é Assinante?

LOGAR
Faça Seu Login
Informe o e-mail e senha para acessar o Diário da Região.
Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para acessar o Diário da Região.