Maestro ensina sons e estilos musicais a alunos do Peter PanÍcone de fechar Fechar

Diário da Gratidão

Maestro ensina sons e estilos musicais a alunos do Peter Pan

Paulo de Tarso ensinou sons e estilos musicais variados para a turminha da Peter Pan, no dia em que o colégio completou 54 anos


    • São José do Rio Preto
    • máx 32 min 18

Justamente na data em que festejou 54 anos, os alunos da primeira etapa da escola municipal de educação infantil Peter Pan, na Vila Sinibaldi, receberam de presente um verdadeiro concerto musical. A apresentação foi do maestro Paulo de Tarso, que visitou o colégio nesta quinta-feira, 15, e ensinou variados sons e estilos musicais para os pequenos de 4 e 5 anos por meio da campanha "Doe seu tempo e seu conhecimento", parte do projeto Diário da Gratidão.

A galerinha teve contato com instrumentos musicais como o teclado, flauta doce, escaleta, além de conhecerem o diapasão, instrumento que serve de afinação e que gerou o primeiro comentário da turma. "Nossa, parece o som do telefone", disse um dos alunos.

O maestro então começou a tocar variadas canções para as crianças, utilizando todos os instrumentos apresentados, como os clássicos brasileiros "Asa Branca", "Garota de Ipanema", "O Bêbado e o Equilibrista" e "Brasileirinho", além de sons característicos da bossa nova, jazz, tango e bolero.

Os jovens prestavam atenção em cada nota tocada por Paulo de Tarso, que ainda apresentou sons conhecidos da criançada como o "Hino da Champions League", competição de futebol, e músicas dos filmes "Harry Potter", além de "E o Vento Levou" e também sons de jogos de videogame.

O maestro ainda mostrou para os pequenos a obra do compositor Heitor Villa Lobos, com a canção "Trenzinho Caipira", e ao final todos cantaram em coro as sete notas musicais, seguindo a música "Minha Canção", de Chico Buarque.

Em homenagem ao aniversário da escola, Paulo de Tarso finalizou a apresentação tocando o "Parabéns Pra Você". "Me senti útil em colaborar com a iniciação musical das crianças. Introduzimos elementos variados, principalmente para mostrar que existe um amplo conhecimento musical e despertar neles o gosto de música. Fiquei contente de conseguir trazer essas linguagens musicais e passar para eles esse primeiro contato", disse o maestro.

Damas

Enquanto Paulo de Tarso apresentava a música para os pequenos, também nesta quinta-feira, 15, a professora de damas Sueli Bessa ensinou o jogo de tabuleiro para os alunos da Peter Pan.

"Foi bem positivo. Todos participaram e gostaram da atividade. Alguns já conheciam o jogo, então trabalhei a parte lúdica e o espírito de grupo com eles. E, claro, que além da brincadeira não podia faltar o jogo, que é o que eles mais gostam", afirmou Sueli.

Programação

Nesta sexta-feira, 16, a programação do Diário da Gratidão traz literatura, cinema, música e artes para as crianças. O escritor João Paulo Vani vai até a escola Peter Pan; o historiador Fernando Marques visita a garotada da Bela Adormecida; a musicista do projeto Guri Carolina Talon se apresenta na escola Joãozinho e Maria; e o cartunista Lézio Júnior estará na escola Anna Mantovani de Andrade.

A quinta-feira, 15, foi dia de aprender a expressar os sentimentos, além de ouvir crônicas, histórias e música para a galerinha das escolas Bela Adormecida, Joãozinho e Maria e Anna Mantovani de Andrade.

"Trabalhei com a identificação das emoções e a expressão adequada de raiva, medo, tristeza, alegria e afeto, principalmente de afeto. Usei o 'Conto de Carinho', de Claude Steiner, ensinando a importância da expressão do carinho em abundância", disse a psicóloga Kátia Ricardi, que esteve na escola Bela Adormecida.

"Li minhas crônicas, deixei dois livros para a biblioteca da escola, mas a gratidão é minha por todo o afeto, carinho e encanto recebido por parte das crianças e de toda a escola. É gratificante demais", afirmou a jornalista Elma Bassan, que visitou a escola Joãozinho e Maria.

"É uma escola muito bonita, aberta e que gosta de incentivar a música. Então foi super bacana. Sabiam cantar todas, brincamos e tudo mais. Até me pediram um autógrafo", contou o músico Samuel Moreti, da banda Kombinados, sobre o show feito para a garotada da Anna Mantovani de Andrade. (MS)