IMG-LOGO
Home Pets
Pets

Canal de televisão promete relaxar e acalmar os cães

A tecnologia com uma mãozinha da ciência promete uma distração a mais para os cães que ficam sozinhos em casa com a Dog Tv, primeiro canal de televisão para cães

por Jéssica Reis - 30/07/2019 18:14

Você sai de casa com o coração partido por deixar seu amigo de quatro patas sozinho em casa? Essa é a realidade de muitos tutores de pets e, se os donos sentem por deixá-los, os animais por outro lado sofrem com a ansiedade. Mas o que fazer para amenizar a síndrome de ansiedade de separação? A tecnologia com uma mãozinha da ciência promete uma distração a mais para os cães que ficam sozinhos em casa com a Dog Tv, primeiro canal de televisão para cães.

O canal foi desenvolvido por especialistas e tem o objetivo de distrair os animais. No Brasil, ele está disponível por meio de assinatura. Segundo os desenvolvedores, os conteúdos foram produzidos para relaxar, diminuir os níveis de estresse e manter o cão mais calmo com música, efeitos sonoros e estímulos visuais leves. Os conteúdos são apresentados com movimentos de câmeras dinâmicos, animações de objetos e animais em movimento ao som com uma frequência adequada para encorajar brincadeiras e diversão.

Segundo Leandro Alves, franqueado e adestrador da Cão Cidadão, os programas de TV podem acalmar ou agitar o animal, por isso é recomendado observar como o cão reage por um tempo, antes de deixá-lo "assistir" TV sem supervisão. "Este tipo de artifício pode servir de complemento e ajudar a distrair por um tempo, mas não o suficiente para que ele não sinta a ausência do tutor até o seu retorno. É importante lembrar que nada substitui outras atividades como passeios e brincadeiras, que são importantes para o bem-estar do animal", afirma.

O especialista explica que durante a ausência do tutor os animais podem destruir objetos, latir ou chorar sem parar, lamber-se repetidamente ou ficar imóvel no mesmo lugar até o retorno do tutor. Para amenizar a chamada síndrome de ansiedade de separação, Alves diz que é importante não transformar a saída de casa em um momento superdramático e a chegada em uma superfesta. "O recomendado é sair sem se despedir e sempre deixar algo legal para o seu cão ter com o que se entreter, como, por exemplo, um brinquedo especial que só é dado nestes momentos. Dependendo do grau da ansiedade por separação, o recomendado é treiná-lo fazendo saídas curtas e aumentando o tempo de forma gradativa, respeitando a sensibilidade do animal. A ajuda profissional nestes casos faz toda a diferença", ensina o adestrador.

Redes sociais e aplicativos para pets

Além de ter o seu próprio canal de TV, os animais podem ter seu perfil em redes sociais criadas especialmente para pets. Uma delas é a Social Pet, criada por uma empresa de marketing, a rede social para animais de estimação é usada para compartilhar fotos e encontrar amiguinhos para o seu pet.

E que tal encontrar um "parceiro" para o seu cachorrinho? O aplicativo Petinder é o Tinder para pets, com ele é possível localizar o parceiro ideal para o animal em um radio de até 100 km.

Para quem fica o dia todo fora de casa e quer saber o que o bichinho de estimação faz em casa durante esse tempo, pode monitorar o mascote a distância com o iCam. O app permite usar uma webcam, por exemplo, para fazer um monitoramento em tempo real. É possível visualizar o seu bebê, animal de estimação ou apenas usar como câmera de segurança para vigiar a casa. O programa envia notificações quando detecta alguma movimentação no local monitorado e permite gravar o que está acontecendo.

Gadgets para animais

O mercado pet também investe em produtos tecnológicos para os animais, como o Furbo Dog Câmera. Esse gadget permite que o tutor interaja com o pet, mesmo a distância. O produto emite alertas para que você saiba quando o animal está latindo ou agindo fora do normal, se ele se comportar é possível acionar um comando e e recompensá-lo com um petisco. O produto é encontrado no Brasil em sites de e-commerce.

Outra opção para os amantes de pets (e tecnologia) é o iFetch Too. É um gadget ideal para raças ativas e que amam bolinha. O 'brinquedo' é um lançador automático de bolinhas acionado pelo próprio cão. É possível configurar a distância do arremesso das bolas.

Com o mesmo o objetivo da TV para cães, o Icalm Dog, é uma caixinha de som portátil feita exclusivamente para cães. O aparelho tem autonomia de uso de até 4 horas e foi desenvolvida para acalmar cães ansiosos e que sofram por ficar longe dos donos.

Editorias:
Pets