Diário da Região

27/07/2019 - 22h40min

A COR DO BEM-ESTAR

Como as plantas podem beneficiar o interior do imóvel

Técnica conhecida como biofilia leva o verde para dentro de imóveis residenciais e comerciais, tornando o ambiente mais arejado e favorecendo o contato com a natureza

Xavier Neto Escolha das plantas é fundamental para que o projeto seja bem sucedido (Foto: Xavier Neto)
Escolha das plantas é fundamental para que o projeto seja bem sucedido (Foto: Xavier Neto)

Entrar em contato com a natureza é uma boa maneira de recarregar as energias. Para isso, no entanto, não é preciso sair para fazer uma trilha ou acampar. É possível ter espaços verdes dentro de casa, como nos jardins de inverno, ou aplicando uma técnica chamada biofilia. "O jardim de inverno auxilia deixando o ambiente mais aconchegante e elegante ao mesmo tempo. Saber utilizar as plantas certas e adequadas para esse ambiente da casa faz recordar um pouco da natureza dentro do lar", afirma o corretor de imóveis Marcelo Eleuterio, proprietário da Select Imóveis.

Atentos a importância das plantas dentro de casa ou nas empresas, arquitetos têm recorrido cada vez mais à biofilia, termo que vem do grego bio (vida) e filia (amor). A técnica busca reforçar ainda mais a união entre homem e meio ambiente, trazendo benefícios como a redução do estresse e aumento da sensação de bem-estar. Assim, projetar bem a área verde do imóvel é indispensável para unir em um só espaço todo o potencial de saúde e beleza que a natureza pode oferecer.

Para isso, a biofilia conta com opções para todos os casos, desde espaços já prontos, em que é possível recorrer a alternativas simples, como pequenos vasos ou até algumas mais complexas, como os jardins verticais, até projetos iniciados do zero, em que as possibilidades são ainda maiores, podendo criar áreas de luz e projetar deslumbrantes jardins de inverno dentro do imóvel.

Segundo o arquiteto Daniel Ribeiro, é possível adotar essa tendência nas mais diversas variantes do design, seja ele clássica, industrial, moderno ou contemporâneo. Fica, portanto, a critério do morador decidir o que mais lhe agrada em questão de visual. "O importante é a afinidade e a escolha correta das espécies e suporte, como vasos e pendentes, garantindo o conforto e o bem estar por parte dos usuários", afirma.

O profissional reforça ainda a importância de selecionar bem as plantas que serão usadas para compor o espaço. "A escolha correta da vegetação é o ponto principal para o sucesso desta ideia. Cada espécie possui suas particularidades, como maior afinidade à luz solar, ao vento, periodicidade das regas etc. Desta forma, a dica é sempre procurar um profissional capacitado e lojas especializadas no assunto para correta especificação e prolongamento da vida saudável da planta", explica o arquiteto.

Assim, ter não somente um jardim externo como também áreas verdes no interior do imóvel passou a ser um importante diferencial. "O imóvel que possui jardim de inverno chama a atenção de quem o está visitando justamente pela beleza e elegância. Essa integração com a natureza o torna mais atrativo e refinado", afirma Eleuterio.

Natureza na área da saúde

Favorável não somente para ambientes residências e comerciais, a biofilia também é utilizada em ambientes voltados aos cuidados com a saúde. É o caso de um Centro de Serviços de Saúde em Rio Preto, que utilizou o método a fim de proporcionar aconchego, conforto e bem-estar aos pacientes e familiares, além dos colaboradores que passam boa parte de seu dia ali. Segundo o arquiteto Daniel, o desafio foi criar uma atmosfera que quebrasse o paradigma de que ambientes de saúde são brancos, sérios e impessoais.

"O partido arquitetônico foi desenvolvido em um eixo de circulação, onde os setores se desenvolvem em seu perímetro. Neste eixo, a biofilia foi uma máxima a qual trabalhamos por meio do paisagismo em todo seu desenvolvimento. Além de coroar essa atmosfera, a natureza projetada conecta os pavimentos térreo e superior através de vazios, irradiando a ideia do projeto para as áreas de atendimento aos pacientes", explica.

(Colaborou Larissa Senigali)

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Diário da Região

Esperamos que você tenha aproveitado as matérias gratuitas!
Você atingiu o limite de reportagens neste mês.

Continue muito bem informado, seja nosso assinante e tenha acesso ilimitado a todo conteúdo produzido pelo Diário da Região

Assinatura Digital por apenas R$ 1,00*

Nos três primeiros meses. Após o período R$ 16,90
Diário da Região
Continue lendo nosso conteúdo gratuitamente Preencha os campos abaixo para
ganhar + 3 matérias!
Tenha acesso ilimitado para todos os produtos do Diário da Região
Diário da Região Digital
por apenas R$ 1,00*
*Nos três primeiros meses. Após o período R$ 16,90

Já é Assinante?

LOGAR
Faça Seu Login
Informe o e-mail e senha para acessar o Diário da Região.
Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para acessar o Diário da Região.