Diário da Região

13/07/2019 - 22h37min

NO MEIO DO ANO

Procura por imóveis para alugar cresce entre jovens universitários

Empresários estimam um aumento de 30% na procura de imóveis para estudantes no mês de julho e oferecem facilidades para jovens que precisam alugar um espaço para morar

Johnny Torres 12/7/2019 Bárbara diz que imobiliária abre exceção para estudantes e aceita fiador de outros estados
Bárbara diz que imobiliária abre exceção para estudantes e aceita fiador de outros estados

Julho é sinônimo de férias para uns, mas, para outros, esse mês marca o momento de iniciar uma nova fase da vida. Isso porque o início do segundo semestre do ano é quando muitos jovens conquistam uma vaga na universidade, o que às vezes exige uma mudança de cidade e, consequentemente, a necessidade de encontrar um lugar para morar.

Segundo o Sindicato da Habitação (Secovi-SP), pela percepção dos empresários que trabalham com locação para universitários em grandes cidades do interior, como Rio Preto, estima-se que haja um aumento de 30% na procura de imóveis por estudantes nos meses de junho e julho. Vindos de outras cidades ou apenas procurando uma residência mais próxima da universidade, esses jovens se tornam o grande público do mercado imobiliário nessa época do ano.

"Geralmente eles vêm à procura de imóveis próximos às faculdades, com um quarto, se possível já mobiliado. Essas são as maiores demandas", afirma Carlos Alberto, corretor da Tessari Imóveis. Porém, para esses jovens, que têm pouca experiência no assunto, todo cuidado é pouco na hora de escolher uma moradia. "É importante que qualquer pessoa que esteja procurando imóvel para alugar verifique a estrutura física", indica o conselheiro estadual do CRECI e diretor da Imobiliária Redentora, Sabino Sidney Pietro. Ele recomenda que o locatário se atente para questões hidráulicas e elétricas, testando chuveiros, tomadas, interruptores, entre outros itens importantes.

Além disso, o conselheiro também destaca a necessidade de conhecer bem a localização do imóvel. "Verifique a vizinhança, a distância da faculdade e o acesso a supermercado, farmácia, entre outros estabelecimentos. Faça uma visita a noite para saber como é a segurança do local, se é movimentado ou ermo e, se estiver alugando apartamento, procure saber se no edifício a garagem é de fácil entrada e saída de veículo", explica Pietro.

Um dos entraves que jovens universitários encontram ao buscar um local para morar é o fiador, muitas vezes exigido para alugar um imóvel. Sabendo dessa dificuldade, as imobiliárias oferecem facilidades para esse público. "Fazemos locação com fiador, mas quando é estudante de outro estado a gente abre exceção para esse locatário, por questão de renda. Ele não tem como comprovar renda, é supercompreensível, então até aceitamos o fiador de outro estado", afirma Bárbara Figueiredo, uma das proprietárias da Figueiredo Imóveis.

Outras opções de garantia

Para aqueles que não têm um fiador, nem mesmo em outro estado, existem outras opções de garantia para alugar um imóvel. Entre elas está o caução, que consiste em uma espécie de adiantamento, na maioria das vezes equivalente ao valor de três aluguéis.

Outra opção é o seguro-fiança, em que o inquilino paga uma quantia mensal a uma seguradora que se responsabilizará por quitar a dívida em caso de não pagamento. O seguro aluguel é outra modalidade, com condições específicas para esse público. "É o mesmo produto, mas adaptado à realidade dos universitários", afirma Marcos Mendes, gerente de sucursal da Porto Seguro, em Rio Preto. Desenvolvido para atender estudantes, além de indenizar o proprietário do imóvel em caso de inadimplência, o produto oferece serviços de assistências emergenciais à residência, que podem ser acionados 24h. "A modalidade garante a tranquilidade que os universitários precisam em casos de imprevistos", acrescenta Mendes.

(Colaborou Larissa Senigali)

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Diário da Região

Esperamos que você tenha aproveitado as matérias gratuitas!
Você atingiu o limite de reportagens neste mês.

Continue muito bem informado, seja nosso assinante e tenha acesso ilimitado a todo conteúdo produzido pelo Diário da Região

Assinatura Digital por apenas R$ 1,00*

Nos três primeiros meses. Após o período R$ 16,90
Diário da Região
Continue lendo nosso conteúdo gratuitamente Preencha os campos abaixo para
ganhar + 3 matérias!
Tenha acesso ilimitado para todos os produtos do Diário da Região
Diário da Região Digital
por apenas R$ 1,00*
*Nos três primeiros meses. Após o período R$ 16,90

Já é Assinante?

LOGAR
Faça Seu Login
Informe o e-mail e senha para acessar o Diário da Região.
Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para acessar o Diário da Região.