Diário da Região

05/07/2019 - 19h14min

O MERCADO É TECH

Profissional de TI é cada vez mais requisitado

Área de tecnologia da informação reserva um futuro promissor aos profissionais que buscam se especializar. Salários podem chegar a R$ 25 mil

Mara Sousa 28/3/2019 Matheus Falkoni fez da tecnologia um negócio e hoje presta serviço para pessoas e empresas
Matheus Falkoni fez da tecnologia um negócio e hoje presta serviço para pessoas e empresas

Mais do que viabilizar processos nas empresas, o setor de tecnologia da informação, ou simplesmente TI, está em franca expansão, acompanhando a evolução da tecnologia. Neste cenário, essa carreira é fundamental para o desenvolvimento de recursos digitais inovadores, exigindo assim um grande número de profissionais qualificados para atender todas as demandas.

O consultor empresarial Matheus Falkoni, proprietário da Falkoni Informática, acredita que essa área oferece inúmeras oportunidades, mas cabe ao profissional se manter focado e se especializar. Ele buscou capacitação participando de cursos presenciais, webinars e palestras na área de TI.

Hoje, Falkoni conta com uma equipe técnica que realiza atendimentos a empresas e clientes domésticos. "Atuamos com consultoria empresarial, implantamos e prestamos suporte ao ambiente tecnológico de empresas, identificando os problemas e aplicando soluções de melhoria."

Carreiras como a de Falkoni estão em constante evolução e todos dias surgem novas necessidades e, com elas, novas oportunidades. Segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), entre janeiro e novembro de 2018, foram preenchidas 23,8 mil vagas com carteira assinada para profissionais de TI em todo o país.

Esses profissionais são responsáveis por implementar novas tecnologias, sejam elas para empresas ou para pessoas. Segundo o coordenador do curso de análise e desenvolvimento de sistemas Sérgio Borges, da Fatec de Rio Preto, a tecnologia da informação reúne conjuntos de qualificações profissionais na área de informática e computação, atuando em diversos segmentos relacionados a redes de computadores, servidores, desenvolvimento de softwares, sistemas, aplicativos, engenheiro de softwares e analistas de sistemas.

Sérgio destaca que a carreira de TI avança sem parar e essa inovação é fundamental para a profissão. "A tecnologia evolui muito rápido e temos que acompanhar o ritmo. O mercado tem reconhecido bem o profissional de TI, mas exige cada vez mais qualificação", analisa o coordenador.

Neste cenário, é preciso atuar de maneira estratégica para se destacar profissionalmente e impulsionar sua carreira, afinal, a expectativa de aumento no número de profissionais para exercer a função é grande. Segundo dados da Associação Brasileira de Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação, 50 mil postos de trabalho na área de TI esperam por um profissional qualificado.

Profissionais também ocupam cargos de gestão

Para o analista de web Evandro Moreno, que trabalha há 10 anos desenvolvendo sistemas web, existem dois itens que definem a área de tecnologia da informação em sua vida: evolução e revolução. "Devido às mudanças tecnológicas, busco sempre me especializar e me atualizar. Trabalhar nesse segmento é viver muitos desafios. Todas empresas em que trabalhei ajudaram e me transformaram no profissional que sou hoje", relata o analista.

Além da parte técnica, profissionais de TI também estão ocupando cargos na direção das empresas, contribuindo assim para as estratégias de negócios que buscam foco e resultados. Segundo o presidente da Associação dos Profissionais e Empresas de Tecnologia da Informação (Apeti) de Rio Preto, Rogério Martins, o profissional de TI tem um grande papel no desenvolvimento de uma empresa. "Ele é apto a desenvolver maneiras de aumentar a produtividade, a redução de custos, garantir a segurança dos dados e alinhar os relacionamentos com os clientes online", destaca.

Uma pesquisa realizada pela Page Personnel, consultoria de recrutamento especializada em cargos técnicos e suporte a gestão, mostra que as áreas mais buscadas pelos gestores de tecnologia são de desenvolvimento de software, gestão de projetos e infraestrutura. Os profissionais desses segmentos podem ter diferentes níveis de remuneração, começando em R$ 1,5 mil e podendo chegar a R$ 10 mil. Dependendo das qualificações e outros diferenciais do profissional, o salário pode até alcançar os R$ 25 mil.

Atuação dos profissionais de TI

1. Engenheiro de Software e Analista de Sistemas

São profissionais que atuam no entendimento do negócio da empresa, realizando levantamentos e elaborando modelos que representam as atividades empresariais, ou seja, representações dos sistemas que serão codificados pelos desenvolvedores de softwares.

2. Desenvolvedor de Software, Sistemas e Aplicativos

É o profissional voltado à codificação dos sistemas de softwares e aplicativos por meio de linguagens de programação e banco de dados. Além disso, é conhecedor dos modelos criados pelos engenheiros de software e analistas de sistemas.

3- Web Designer e User Interface Design

Atua na criação de interfaces, telas, menus, definição de cores, facilidade do uso de softwares, sistemas, aplicativos ou dispositivos com objetivos de torná-los mais intuitivos e amigáveis.

4. Analista de Teste de Software

Esse profissional é qualificado para elaborar e executar planos de testes de software e aplicativos com objetivo de encontrar problemas e falhas antes do uso efetivo do produto.

5. Administrador de Redes de Computadores e Infraestrutura

Atua na elaboração de projetos e manutenção de redes de computadores e infraestrutura computacional, ou seja, gerencia as tecnologias necessárias para que os sistemas possam funcionar sem paralisações e evitando problemas no dia a dia da organização.

6. Administrador de Banco de Dados

É responsável pelos dados das organizações e pelos sistemas de banco de dados, ou seja, é o profissional especializado em rápido armazenamento e recuperação de informações.

7. Analista de Business Intelligence

Atua na análise dos dados empresariais por meio de técnicas de mineração de dados e data warehousing para possibilitar tomadas de decisões assertivas.

8. Gerente de Projeto de TI

É o responsável por coordenar os recursos necessários para a execução de projetos na área de TI, ou seja, define cronogramas, cargos, prazos, pessoas e tarefas.

9. Gestor de TI

Possui a função de gerenciar toda a infraestrutura computacional, hardware, softwares, sistemas, aplicativos, contratos, aquisições, a fim de colaborar para que os objetivos da organização sejam atingidos.

(Colaborou Alana Gabriela)

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Diário da Região

Esperamos que você tenha aproveitado as matérias gratuitas!
Você atingiu o limite de reportagens neste mês.

Continue muito bem informado, seja nosso assinante e tenha acesso ilimitado a todo conteúdo produzido pelo Diário da Região

Assinatura Digital por apenas R$ 1,00*

Nos três primeiros meses. Após o período R$ 16,90
Diário da Região
Continue lendo nosso conteúdo gratuitamente Preencha os campos abaixo para
ganhar + 3 matérias!
Tenha acesso ilimitado para todos os produtos do Diário da Região
Diário da Região Digital
por apenas R$ 1,00*
*Nos três primeiros meses. Após o período R$ 16,90

Já é Assinante?

LOGAR
Faça Seu Login
Informe o e-mail e senha para acessar o Diário da Região.
Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para acessar o Diário da Região.