Diário da Região

30/07/2019 - 14h58min

RELACIONAMENTOS

Amor-próprio: a primeira semente para uma boa vida

Se estar distante dos olhos do(a) companheiro(a) lhe trouxer paz de espírito e sua espontaneidade de volta, você está muito mal acompanhada(o)

Divulgação Se estar distante dos olhos do(a) companheiro(a) lhe trouxer paz de espírito e sua espontaneidade de volta, você está muito mal acompanhada(o)
Se estar distante dos olhos do(a) companheiro(a) lhe trouxer paz de espírito e sua espontaneidade de volta, você está muito mal acompanhada(o)

Muitas vezes estamos mal acompanhados e não nos damos conta. Colocamos as críticas desnecessárias e os excessos de implicância no rol de mau jeitos comuns a todos nós.

Em determinados momentos nos conscientizamos que aquela pessoa não conseguiu boas reparações para si mesmo e nos penalizamos dela, mas junto a isso uma melancolia nos avisa que nos sentíamos melhores, antes de estar com essa pessoa. As vezes atrapalha o bom senso estarmos decididos a enfrentar dificuldades pelo bem maior, o amor.

Nós estamos muito mal acompanhados quando tudo o que fazemos é apontado e corrigido. Quando o(a) parceiro(a) tem sempre uma ideia de como você poderia ter agido, pensado ou falado e não o fez. Maltrato não é só agressão física, é maltrato não se sentir bem sendo quem você é. É infeliz e abusivo o sujeito que se sente melhor que os outros, aquele que expressa essa ideia direta ou indiretamente, quem se coloca no papel de guia, supervisor ou autoridade dentro da relação. A idiotia pode passar despercebida quando tentamos nos adaptar às pessoas. Só nós damos conta muitas vezes com o alívio trazido pela separação.

Se estar distante dos olhos do(a) companheiro(a) lhe trouxer paz de espírito e sua espontaneidade de volta, você está muito mal acompanhada(o). Talvez não perceba o caráter abusivo, a pretensão em submeter pode estar mascarada, mas enfim, essa breve percepção de descanso quando se distanciam, deve ser levada a sério. Excessos de controle são enervantes e tentar levar relacionamentos com pessoas muito inseguras adiante é cair no tarja preta, algumas pessoas são amargas internamente, nada floresce ali e uma relação não pode ser impregnada de correções maiores que o desfrute. Amor é aceitação e não castigo.

Quer outra referência? Elas sabem cobrar, argumentam e apontam erros com "know how", uma expertise alcançada observando a sensibilidade de pessoas boas para a autocrítica e a culpa. Não caia nessa. Seu parceiro não é bem uma pessoa sociável? Onde estão os amigos do sabichão? Por acaso você já assistiu como ele consegue fazer outras pessoas se sentirem mal por seus erros e falhas e vai ficar ali, esperando ele mirar seu desgosto com a própria vida em você? Caia fora, corra milhas.

Não ter relacionamento nenhum é melhor do que estar com alguém que te faça se sentir errada, que não apoie suas decisões ou tenha espaço para seus projetos de vida. Fique sozinha, durma mais cedo, descanse a pele, aprenda um hobbie novo, faça canto, balé, curso pela internet. Faça bolo na cozinha, mas não faça da sua vida um inferno tentando ter alguém. Seja a primeira pessoa a apoiar suas boas intenções e atitudes, se perdoe pelos erros ou caminhos do passado sabendo que todos temos correções a fazer, amadurecemos olhando pra trás mas podendo olhar para frente com novas ideias a respeito de quem nos tornamos para então investirmos no futuro com amor-próprio, a primeira semente para uma boa vida.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Diário da Região

Esperamos que você tenha aproveitado as matérias gratuitas!
Você atingiu o limite de reportagens neste mês.

Continue muito bem informado, seja nosso assinante e tenha acesso ilimitado a todo conteúdo produzido pelo Diário da Região

Assinatura Digital por apenas R$ 1,00*

Nos três primeiros meses. Após o período R$ 16,90
Diário da Região
Continue lendo nosso conteúdo gratuitamente Preencha os campos abaixo para
ganhar + 3 matérias!
Tenha acesso ilimitado para todos os produtos do Diário da Região
Diário da Região Digital
por apenas R$ 1,00*
*Nos três primeiros meses. Após o período R$ 16,90

Já é Assinante?

LOGAR
Faça Seu Login
Informe o e-mail e senha para acessar o Diário da Região.
Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para acessar o Diário da Região.