Diário da Região

04/07/2019 - 17h56min

PAIS E FILHOS

O papel dos pais na educação dos filhos

Só um verdadeiro olhar paterno poderia nos redimir desse mar de afogados, que saibamos tê-los começando pelos nossos filhos

Freepik/Banco de imagens Os enfrentamentos e dificuldades que os pais tiveram que passar, remetem-se ao próprio vitimismo que, engavetado, só aguardava um momento propício para aparecer
Os enfrentamentos e dificuldades que os pais tiveram que passar, remetem-se ao próprio vitimismo que, engavetado, só aguardava um momento propício para aparecer

Quando os filhos têm problemas, quedas de rendimento ou letargia, inconstância de sentimentos e a labilidade de humor passa a incomodar, eles passam a declarar insatisfação ou abandonos, os pais imediatamente iniciam uma disputa. São levados à lembranças de suas próprias infâncias rudes, pobres ou incompreendidas, seus dissabores. Os enfrentamentos e dificuldades que tiveram que passar, remetem-se ao próprio vitimismo que, engavetado, só aguardava um momento propício para aparecer. É um movimento narcísico, infantilizado, que barra a verdadeira ajuda que o filho, jovem que é e ainda está em formação, necessita. Outro grande obstáculo, além dessa interferência na escuta, é que sentem que procurar ajuda psicológica é não estar enfrentando os problemas e sim, desviando-se deles, ou fugindo.

A psicologia tem contribuído em grande parte para esse equívoco, com poucos e subjetivos critérios para a liberdade de atendimento. Uma grande massa de profissionais com baixa capacitação e estudo, pra não dizer má fé, consequência de nossa desordem social que por si só, renderia um capítulo à parte.

Enfim, transtornados pelo excesso de trabalho e compromissos, com ambições generalizadas sobre suas próprias demandas pessoais e seus dissabores internos, nossos jovens têm sido educados por pais que precisaram de ajuda em sua infância e juventude e não tiveram, não tendo alcançado a plena maturidade para cuidar de outro ser com a atenção devida. Os filhos vêm muitas vezes para compensar nossas próprias lacunas emocionais e dificilmente alcançam o patamar de plenos indivíduos porque estão sendo olhados por pais que procuram a si mesmos, nunca buscaram o espelho por quem pudesse lhes guiar.

"Fulano é igualzinho a mim, ou é o pai escrito" é no mínimo uma falha em perceber que aquele jovem ser que nomeamos e juramos cuidar, não é representação ou cópia, é um ser único e original, com base em um misto de semelhanças, heranças e aprendizados que estão ainda se consolidando. Eles também não saberão quem são, se não puderem ser observados melhor.

Soma-se à ofensa e a recusa em aceitar problemas em sua condução das questões domésticas, nosso abalo narcísico nos remete a uma injúria pela recusa do filho em nos obedecer cegamente, ou aceitar nossos pontos de vista e então eles são maltratados quando mais precisavam ser apenas compreendidos.

Encontrei pai felizes em receber das pseudo-psicólogas, o diagnóstico, ou pecha de fingimento, frescura. Piti, como o meio médico atribuiu ao drama que as pessoas fazem sobrepondo-se ao sofrimento em si. Temos cada vez menos respeito pelo outro. Só um verdadeiro olhar paterno poderia nos redimir desse mar de afogados, que saibamos tê-los começando pelos nossos filhos.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Diário da Região

Esperamos que você tenha aproveitado as matérias gratuitas!
Você atingiu o limite de reportagens neste mês.

Continue muito bem informado, seja nosso assinante e tenha acesso ilimitado a todo conteúdo produzido pelo Diário da Região

Assinatura Digital por apenas R$ 1,00*

Nos três primeiros meses. Após o período R$ 16,90
Diário da Região
Continue lendo nosso conteúdo gratuitamente Preencha os campos abaixo para
ganhar + 3 matérias!
Tenha acesso ilimitado para todos os produtos do Diário da Região
Diário da Região Digital
por apenas R$ 1,00*
*Nos três primeiros meses. Após o período R$ 16,90

Já é Assinante?

LOGAR
Faça Seu Login
Informe o e-mail e senha para acessar o Diário da Região.
Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para acessar o Diário da Região.