Energia das ervas contra doenças respiratóriasÍcone de fechar Fechar

Terapia holística

Energia das ervas contra doenças respiratórias

Fitoenergética dá uma ajuda extra para combater problemas do inverno


    • São José do Rio Preto
    • máx 32 min 18

Com a chegada do inverno, aumenta o número de pessoas que sofrem com o efeito do clima seco e das baixas temperaturas. Quase impossível escapar das doenças respiratórias. Nessa hora, a fitoenergética surge como aliada.

A energia das ervas pode ajudar muito a prevenir e combater essas doenças sazonais. Porém, é preciso lembrar que é sempre importante equalizar as propriedades das ervas.

As plantas fornecem um padrão elevado de energia que tem por objetivo nos ajudar na cura das emoções inferiores. O princípio da fitoenergética é simples: o uso da energia das plantas como forma de auxiliar no controle das emoções e pensamentos, fatores-chave para o desenvolvimento de doenças. "A fitoenergética atua com a concepção básica de que os vegetais possuem um campo de energia com a capacidade de gerar influência sobre a anatomia sutil dos seres vivos. Busca compreender como essa influência pode atuar positivamente no campo energético de cada ser vivo, agindo nas causas geradoras de doenças", explica o terapeuta holístico Bruno Gimenes, autor do livro "Fitoenergética - A energia das plantas no equilíbrio da alma" (ed. Luz da Serra).

 

  • Asma: Morango, maçã, mastruço e barbatimão
  • Alergia respiratória: Poejo, cáscara-sagrada, gervão e hipérico
  • Bronquite: Jaborandi, alfazema, maçã, uva-ursi e pitangueira
  • Gripes e resfriados: Sete-sangrias, guaco, cana-do-brejo, cordão-de-frade, marmelo e pitangueira

Modo de preparo do chá 

  • Utilize bule de louça, vidro ou esmaltado;
  • Jamais aqueça em forno micro-ondas (anulam os efeitos da fitoenergia);
  • Preferencialmente não adoce;
  • Tome o chá logo após o preparo (em menos de duas horas o efeito se perde).

Formas de preparo

  • Infusão: aqueça a água até ferver, apague o fogo, coloque os vegetais, abafe por 3 minutos, coe e potencialize com energias positivas e pensamentos elevados.
  • Infusão solar: coloque os vegetais na água e deixe exposto em ambiente abertos das 6 às 9 horas da manhã.

Fonte: Extraído do livro "Fitoenergética - A energia das plantas no equilíbrio da alma" (ed. Luz da Serra)