Diário da Região

17/06/2019 - 19h10min

ÁREA VERDE

Paisagismo sustentável alia uso racional da água em plantas nativas e hortas

Método para criar mais áreas verdes no imóvel vai além de apenas embelezar o ambiente, buscando também cada vez mais sustentabilidade

Divulgação Residência no Quinta do Golfe com projeto paisagístico realizado pela arquiteta e paisagista Renata Kassis Mendonça
Residência no Quinta do Golfe com projeto paisagístico realizado pela arquiteta e paisagista Renata Kassis Mendonça

Afim de trazer benefícios para o nosso meio ambiente e diminuir cada vez mais o déficit que enfrentamos na natureza, o paisagismo tem se aperfeiçoado para não somente fazer a diferença na beleza do local, como também contribuir para a sustentabilidade. Assim, projetar um jardim no imóvel não é mais um mero capricho para a decoração, passando a exigir muitos outros cuidados com algumas particularidades importantes para o impacto ambiental.

Nesse modelo de fazer paisagismo, são feitas análises bastante abrangentes a respeito do local onde ele estará sendo realizado, levando em consideração pontos importantes como clima, solo, fauna e flora da região. Até mesmo situações mais emocionais para o morador são consideradas, afinal, essas áreas podem também fornecer maior tranquilidade e conforto para quem está diariamente em contato com aquele espaço.

Para a arquiteta e paisagista Renata Kassis Mendonça, responsável por projetos paisagísticos que são referência em Rio Preto, o conceito de paisagismo sustentável é abrangente. “Integra o ambiente e seu entorno, com o uso racional da água, da energia, do solo, gerando o menor impacto ambiental, social e financeiro para quem resolve criar um espaço desses em casa”, explica Renata.

A arquiteta explica que esse modo de criar áreas verdes conta com soluções inovadoras, planejadas por equipes multidisciplinar e incluem o tratamento da água cinza da casa, gerada diariamente pelo esgoto, além da coleta da água da chuva e o reuso desse volume de água na irrigação, nas torneiras de jardins, terraços, garagens e até nas bacias sanitárias. Assim, fica garantido um maior aproveitamento da água, totalmente através de um sistema de irrigação subterrâneo e de gotejo, planejados especialmente para esse fim.

Por isso, segundo Renata, o jardim deve ser desenhado como um ecossistema vivo, que necessite de pouca manutenção e mínima intervenção humana, procurando fomentar a biodiversidade, utilizar plantas nativas, atrair diferentes tipos de seres vivos que ajudem no combate de pragas. “As hortas caseiras e plantas frutíferas também são essenciais em um jardim”, acrescenta.

Além de fornecer alimentos e ervas medicinais permitem que as pessoas voltem a ter o contato com a terra e com os ciclos da natureza, esquecidos e distanciados ao passo que avançamos com a modernização e urbanização das cidades.

Quer ler mais dicas para casa? Então clique aqui e confira muito mais sobre limpeza, decoração e mercado imobiliário!

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Diário da Região

Esperamos que você tenha aproveitado as matérias gratuitas!
Você atingiu o limite de reportagens neste mês.

Continue muito bem informado, seja nosso assinante e tenha acesso ilimitado a todo conteúdo produzido pelo Diário da Região

Assinatura Digital por apenas R$ 1,00*

Nos três primeiros meses. Após o perí­odo R$ 16,90
Diário da Região
Continue lendo nosso conteúdo gratuitamente Preencha os campos abaixo para
ganhar + 3 matérias!
Tenha acesso ilimitado para todos os produtos do Diário da Região
Diário da Região Digital
por apenas R$ 1,00*
*Nos três primeiros meses. Após o per­íodo R$ 16,90

Já é assinante?

LOGAR
Faça Seu Login
Informe o e-mail e senha para acessar o Diário da Região.
Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para acessar o Diário da Região.