Diário da Região

09/06/2019 - 11h40min

CATIGUÁ

Onça-parda é resgatada após ficar presa em armadilha

Animal estava agitado e teve de ser sedado

Divulgação/Polícia Ambiental Veterinário usou tranquilizantes para sedar o animal, que estava agitado
Veterinário usou tranquilizantes para sedar o animal, que estava agitado

A Polícia Ambiental de Catanduva e veterinários resgataram uma onça-parda encontrada presa em uma armadilha construída por caçadores. O resgate começou na tarde de sábado, 8, e se estendeu até a noite. O animal estava em uma área de preservação permanente na cidade de Catiguá.

Segundo informações da Polícia Ambiental, a onça, de porte grande, foi surpreendida pela armadilha conhecida como "laço" que, de acordo com a legislação ambiental, é proibida.

O resgate só foi possível com a ajuda de um veterinário, que usou tranquilizantes para sedar o animal. A onça passará por exames e ficará em observação para, depois, ser solta novamente em seu habitat natural.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso