Diário da Região

05/06/2019 - 00h30min

Sustentabilidade

Poty faz ações pioneiras em preservação do meio ambiente

Há 20 anos empresa adota medidas sustentáveis que reciclam 100% de suas embalagens, diminuem o impacto da produção industrial e recuperam nascentes e matas nativas.

Quando o assunto é preservação do meio ambiente, a Poty é pioneira e está alinhada às principais tendências mundiais entre as indústrias de alimentos e bebidas. O DNA verde da empresa faz parte de sua história.

A Poty foi a primeira indústria brasileira de bebidas a assinar o Termo de Compromisso com a Logística Reversa, responsabilizando-se pela coleta e destinação final das embalagens que coloca no mercado. O trabalho, feito pela Poty Ambiental, foi intensificado recentemente mas começou há 10 anos. Neste período cerca de 40 mil toneladas de embalagens PET - o que representa mais de 1 bilhão e 500 milhões de garrafas, foram recicladas e deixaram de poluir o meio ambiente.

Outra iniciativa bem sucedida é o Projeto Ecoração que já retirou mais de 30 toneladas de garrafas PET do meio ambiente e está implantado em 13 cidades, ajudando 16 entidades assistenciais.

O Projeto Refloresta foi criado para ajudar na recuperação de áreas degradadas ao lado da indústria. Mais de 7.000 árvores foram plantadas e transformaram mais de um hectare de terra em uma bonita mata com espécies nativas, com a volta de pássaros e animais silvestres. Outra ação diretamente ligada ao meio ambiente é a recuperação de duas nascentes de águas na área pertencente à empresa.

A indústria também promove a gestão de resíduos como a separação e reciclagem de lixo, reuso da água, captação de água de chuva, controle de emissão de resíduos no ar, tratamento de efluentes e frota verde.

A Poty é certificada com o ISO 14001:2004, o que assegura conformidade com os requisitos das normas internacionais de qualidade e meio ambiente.

Linha do tempo

2019

  • Ecoração - Começa a segunda fase do projeto que vai atingir mais cidades e beneficiar novas entidades assistenciais. A Poty monta Ecopontos, que são estações com grandes sacolas onde a população de cada cidade deposita as garrafas PET. A empresa recolhe o material e vende o produto para reciclagem. O dinheiro é revertido para entidades assistenciais das cidades. O projeto começou em 2014 e já retirou mais de 30 toneladas de garrafas PET que iriam para o lixo. Hoje atinge 13 cidades e beneficia 16 entidades assistenciais.

2014

  • A Poty foi a primeira indústria de refrigerantes do Brasil a assinar o Termo de Compromisso de Responsabilidade Pós-consumo de Embalagens de Bebidas. A empresa coleta e recicla o equivalente a 100% das embalagens que coloca no mercado.

2009

  • Nasce a Poty Ambiental que recolhe e recicla latas de alumínio e embalagens PET. Foram processadas ao longo deste tempo cerca 40 mil toneladas de embalagens PET o que representa mais de 1 bilhão e 500 milhões de garrafas que foram recicladas e deixaram de poluir o meio ambiente. As embalagens PET são transformadas em flakes e vendidas para empresas que fabricam tecidos, vassouras, peças de carro, entre outros produtos.

2009

  • A Poty conquista a Certificação ISO 14001:2004 que assegura que a empresa segue processos de produção em conformidade com os requisitos das normas internacionais de qualidade e meio ambiente com economia de matérias primas, água e energia na produção.

2007

  • A Poty iniciou os trabalhos que resultaram na recuperação de duas nascentes de água próximas à indústria.

2007

  • A Poty criou uma trilha ecológica para educação ambiental de estudantes em área de mata nativa.

2006

  • Começa o Projeto Refloresta para recuperação e reflorestamento de área desmatada ao lado da indústria. Hoje são 7.000 árvores plantadas e o renascimento de uma mata nativa.

2003

  • Implantou a coleta seletiva dentro da indústria e hoje conta com a contribuição de seus mais de 800 colaboradores.

1998

  • A indústria intensifica o tratamento de resíduos industriais com a adoção de novas medidas e mais tecnologia.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso