Diário da Região

15/05/2019 - 00h30min

Canonização

Papa Francisco reconhece segundo milagre atribuído a Irmã Dulce

Papa Francisco assinou decreto que reconhece o segundo milagre da religiosa baiana conhecida como o Anjo bom da Bahia, beatificada em 2011; ela será a primeira santa nascida no Brasil

Divulgação/OSID Irmã Dulce será santificada 27 anos depois de sua morte
Irmã Dulce será santificada 27 anos depois de sua morte

O Papa Francisco assinou na segunda-feira, 13, decreto que reconhece o segundo milagre atribuído a Irmã Dulce e fará com que ela seja proclamada santa. Irmã Dulce foi beatificada em 22 de maio de 2011. A freira, conhecida como o Anjo Bom da Bahia, vai se tornar a primeira santa nascida no Brasil e sua canonização será a terceira mais rápida da história - 27 anos após seu falecimento. O processo fica atrás apenas da santificação do Papa João Paulo II (nove anos após sua morte) e de Madre Teresa de Calcutá (19 anos após o falecimento da religiosa).

O segundo milagre validado pelo Vaticano passou por três etapas de avaliação: uma reunião com peritos médicos (que deram o aval científico), com teólogos, e, finalmente, a aprovação final do colégio cardinalício, tendo sua autenticidade reconhecida de forma unânime em todos os estágios.

Uma graça só é considerada milagre após atender a quatro pontos básicos: a instantaneidade, que assegura que a graça foi alcançada logo após o apelo; a perfeição, que garante o atendimento completo do pedido; a durabilidade e permanência do benefício e seu caráter preternatural (não explicado pela ciência).

A notícia da canonização chega em um mês também especial na história da entidade erguida pela Mãe dos Pobres, já que as Obras Sociais Irmã Dulce (OSID) irão celebrar, no próximo dia 26 de maio, 60 anos de fundação.

O processo para o reconhecimento da santidade de Irmã Dulce foi iniciado em janeiro de 2000, quando os restos mortais da freira, que estavam na Igreja da Conceição da Praia, em Salvador, foram transferidos para a Capela do Convento Santo Antônio, na sede das Obras Sociais Irmã Dulce, também na capital baiana.

Em 2000, o papa Bento XVI reconheceu, em abril de 2009, as virtudes heroicas da Serva de Deus Dulce Lopes Pontes, autorizando oficialmente a concessão do título de Venerável à religiosa. O título é o reconhecimento de que Irmã Dulce viveu, em grau heroico, as virtudes cristãs da fé, esperança e caridade.

Em outubro de 2010, a Congregação para a Causa dos Santos, por meio de voto favorável e unânime de seu colégio de cardeais e bispos, atestou a autenticidade do primeiro milagre atribuído à Irmã Dulce, cumprindo, dessa forma, a última etapa do processo de beatificação. Já no dia 10 de dezembro de 2010, o papa Bento XVI autorizou a promulgação do decreto do primeiro milagre.

Irmã Dulce foi então beatificada no dia 22 de maio de 2011, em cerimônia realizada no Parque de Exposições de Salvador, reunindo mais de 70 mil pessoas. Na ocasião, a freira baiana foi coroada como a primeira beata nascida na Bahia e passou a se chamar Bem-aventurada Dulce dos Pobres, tendo o dia 13 de agosto como data oficial de celebração de sua festa litúrgica. Faltava apenas a validação de um segundo milagre para que a religiosa fosse então canonizada.

Maria Rita de Souza Brito Lopes Pontes nasceu em 26 de maio de 1914 em Salvador. Segunda filha do dentista Augusto Lopes Pontes e de Dulce Maria de Souza Brito Lopes Pontes, a menina que gostava de soltar pipa e jogar futebol manifestou o interesse pela vida religiosa no início da adolescência. Irmã Dulce morreu no dia 13 de março de 1992, aos 77 anos, no Convento Santo Antônio, ao lado de seus doentes.

(Com Agência Estado)

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso