Diário da Região

31/05/2019 - 00h30min

DIA MUNDIAL

Um dia sem cigarro já diminui risco de infarto

Divulgação Dr. Arthur Soares Souza Jr., médico radiologista do Ultra-X, mostra fala dos prejuízos causados pelo cigarro
Dr. Arthur Soares Souza Jr., médico radiologista do Ultra-X, mostra fala dos prejuízos causados pelo cigarro

Celebrado nesta sexta-feira, 31, o Dia Mundial Sem Tabaco incentiva um período de 24 horas de abstinência de todas as formas de consumo de tabaco. O período pode parecer curto, mas, de acordo com Mariana Bilachi Lobregat, pneumologista do Instituto de Moléstias Cardiovasculares (IMC), um dia sem fumar pode trazer importantes benefícios.

"Após um dia, suas chances de ter um ataque cardíaco já diminuem. Quem fuma tem duas a três vezes mais chance de ter um infarto", afirma.

Em Rio Preto, a Secretaria de Saúde realiza o 'Programa Antitabagismo' desde 2011 e atualmente funciona em seis unidades básicas de saúde: Estoril, Jardim Americano, Rio Preto I, Santo Antônio, Solo Sagrado e Vila Toninho, com sete grupos.

Em 2018, foram feitas 145 triagens e nove grupos foram compostos durante o ano. Ao todo, 65 fumantes pararam de fumar, 40 participaram do tratamento mas não pararam e outros 36 iniciaram o grupo, porém desistiram do tratamento.

A pneumologista explica que as pessoas que fazem uso do tabaco ficam pré-dispostas à doença pulmonar obstrutiva crônica, associada ao enfisema pulmonar; à diminuição da função pulmonar; à falta de ar; ao aumento da pressão arterial e da predisposição a outras doenças cardiovasculares e tromboembólicas, como AVC, infarto, trombose. "A nicotina gera um vício tão grande quanto o gerado pela heroína e pela cocaína, por exemplo. É uma relação de dependência real, física e emocional", diz.

De acordo com Arthur Soares Souza Júnior, médico radiologista do Ultra-X Medicina Diagnóstica, o vício do tabaco é o principal fator etiológico para desenvolver câncer de pulmão.

"A doença pulmonar obstrutiva crônica causa limitação significativa da qualidade de vida e, muitas vezes, incapacitação para tarefas diárias mínimas", afirma.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o Brasil ocupa o oitavo lugar no ranking de número absoluto de fumantes, cerca de 11 milhões de homens e 7 milhões de mulheres.

Lançamento

Um dos males do tabaco é o câncer de pulmão. E para fazer o rastreamento da doença, o Hospital de Amor, em Barretos, lança nesta sexta-feira, 31, uma carreta equipada com aparelho radiológico. No ano passado, o Hospital de Amor tratou cerca de 1,3 mil pacientes com a doença, sendo 400 novos casos.

O serviço faz parte da expansão do programa de apoio antitabaco realizado pela instituição em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde de Barretos. Inicialmente vai ser oferecido a fumantes atendidos pelo município, mas a expectativa é levar o projeto a cidades vizinhas e da região.

Nesta sexta e sábado, a carreta vai ficar na praça Francisco Barretos, no Centro, com programação especial e realização do rastreamento do câncer de pulmão.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso