Diário da Região

27/05/2019 - 15h44min

TODO O PAÍS

Campanha de vacinação contra gripe entra na última semana

A imunização é para grupos prioritários e integrante de forças de segurança e de salvamento

Guilherme Baffi 12/5/2018 Quem faz parte do público-alvo e ainda não se vacinou deve procurar uma unidade básica de saúde, de segunda a sexta-feira, das 7h às 16h30
Quem faz parte do público-alvo e ainda não se vacinou deve procurar uma unidade básica de saúde, de segunda a sexta-feira, das 7h às 16h30

Essa é a última semana de vacinação contra a gripe nos postos de saúde de todo o Brasil. A campanha encerra na sexta-feira, 31. A imunização é para grupos prioritários e integrante de forças de segurança e de salvamento. A campanha começou no dia 10 de abril e o último balanço do Ministério da Saúde mostra que até o dia 21 de maio 63% do público-alvo havia se vacinado.

Em Rio Preto, segundo último balanço divulgado pela Secretaria de Saúde no último dia 23, a cobertura vacinal contra gripe chegou a 68,62%, o que equivale à vacinação de 99.251 pessoas dos grupos prioritários com meta. A campanha continua com meta de 90% de imunização desses grupos.

Quem faz parte do público-alvo e ainda não se vacinou deve procurar uma unidade básica de saúde, de segunda a sexta-feira, das 7h às 16h30. Nas UBS Parque Industrial, Santo Antonio, Eldorado, São Deocleciano, Vetorazzo, Solo Sagrado, Vila Toninho e Jaguaré, as salas de vacina ficam abertas até as 19h30. Já nas unidades Cidade Jardim, Jardim Gabriela e Vila Elvira, as salas de vacina estão temporariamente fechadas por conta das obras de reforma.

Devem receber a dose crianças com idade entre 6 meses e menores de 6 anos; grávidas em qualquer período gestacional; puérperas (até 45 dias após o parto); trabalhadores da saúde; povos indígenas; idosos; professores de escolas públicas e privadas; pessoas com comorbidades e outras condições clínicas especiais; adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas; funcionários do sistema prisional e pessoas privadas de liberdade.

Profissionais das forças de segurança e salvamento também passaram a fazer parte do público-alvo da campanha neste ano. Por meio de nota, o ministério informou que o grupo inclui policiais civis, militares, bombeiros e membros ativos das Forças Armadas, totalizando cerca de 900 mil pessoas.

A vacina

O Ministério da Saúde informou, em nota, que, em relação ao ano passado, houve alteração de duas cepas na vacina. Em função da mudança na composição, a pasta considera "imprescindível" que os grupos selecionados recebam a nova dose este ano ainda que já tenham sido imunizados anteriormente.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso