Plantação de girassol em José Bonifácio vira atração turísticaÍcone de fechar Fechar

Um 'mar' amarelo

Plantação de girassol em José Bonifácio vira atração turística

Plantação de 74 hectares de girassol se tornou atração turística em fazenda de José Bonifácio e parada obrigatória para observação, fotos e ensaios


    • São José do Rio Preto
    • máx 32 min 18

Um verdadeiro 'mar' amarelo de girassóis vem chamando a atenção de moradores de toda a região e virou ponto turístico para quem passa pela fazenda Boa Vista dos Castilho, no bairro Pauliceia, em José Bonifácio.

O local, que antes era ocupado por um canavial e milho, hoje está forrado com a planta originária da América do Norte e conhecida como a flor do sol.

A plantação de 74 hectares floridos de girassol, que equivale a 104 campos de futebol, se tornou parada obrigatória e referência para ensaios e concursos fotográficos, tamanha a sua beleza.

"Assim que começou a nascer, o povo já me perguntava que planta era, porque sua forma é bem diferente do comum na nossa região. Um perguntou se era quiabo, outro se era algodão, outro se era jiló. O povo já estava antenado no que seria. Mas quando floriu aí explodiu mesmo o número de visitas", conta o produtor rural Carlos César Missiagia.

Carlos diz que o número de pessoas visitando a plantação aumentou quando suas filhas e ele postaram fotos em grupos de um aplicativo de mensagem instantânea. "Foi o start para o povo começar a ligar para tirar fotos. Falo que foi a energia e a luz que o girassol transmite que fez tal sucesso", afirma.

Alessandra Lima Rosa, enfermeira que mora em José Bonifácio há um ano, foi uma das que viu as postagens e foi conhecer a plantação. "Eu nunca havia visitado uma plantação de girassol. Fiquei sabendo do local pela rede social, quando amigos começaram a postar fotos, e procurei imediatamente me informar onde era, pois é maravilhoso", disse.

O encanto foi tanto, que Alessandra levou a filha Maria Clara, 10 anos, para tirar fotos na plantação. "Queria apresentar o local, pois ela também não conhecia. É um momento único. Ela ficou extremamente surpresa, encantada e me disse: 'nossa, mamãe, nunca vi uma coisa tão linda'", revela a enfermeira, que já planeja uma terceira visita, neste domingo, 2, agora ao lado do filho mais velho e de seu marido.

Outra que já foi tirar fotos com os girassóis é a recepcionista Gabrielle Oliveira. "Eu me encantei. Fiquei sabendo pelo Facebook e já procurei o mais rápido possível. Levei meu filho Kauan para tirar fotos e apresentar esse local lindo. Eu nunca havia visitado uma plantação de girassol. É um momento único", afirma. Gabrielle já foi três vezes e promete voltar neste domingo com toda a família.

Segundo o produtor rural responsável pela plantação, as visitas aos girassóis aumentam no fim de semana, mas mesmo no meio da semana a procura é grande. Carlos explica que o acesso ao local é fácil, afinal, três estradas municipais cortam a propriedade.

"O pessoal vem depois do expediente, tem gente todo dia. Estou vendo com bons olhos essas visitas. Deixa a população curtir. Percebi que Deus, em uma coisa simples, fez brotar muitos sorrisos e luz para nossas vidas", conclui Carlos.

 

Origem - América do Norte

Tamanho - Tem aproximadamente 30 centímetros de diâmetro e seu caule pode atingir até três metros de altura

Comércio - Tem a flor comercializada como flor de corte e é uma das quatro maiores fontes de óleo vegetal comestível no mundo

Floração - Sua produção de flores acontece o ano todo, em temperaturas entre 18ºC e 30ºC

Utilidade - Suas flores e sementes são usadas na produção de bronzeadores, perfumes, remédios, cremes, velas, óleos e temperos. Seu grão já colhido serve para a alimentação de pássaros, óleo comestível, ou biodiesel. A sobra do grão prensado vira ração de animais bovinos e suínos

Vantagem - Planta resistente ao período de seca, não exige tantos investimentos e é eficiente para enriquecer o solo

Segundo o produtor rural Carlos César Missiagia, a ideia da plantação começou em abril do ano passado devido ao período de seca na região. "Um amigo de Bariri me ofereceu a semente de girassol e eu achei muito importante pelo momento que a gente passava. Resolvi substituir o milho pelo girassol."

Carlos explica que o girassol tem um custo mais baixo em relação à produção de milho que ocupava a área antes. "Eu peguei outra remessa de sementes, juntei com a minha, e dobrei o plantio de girassol na expectativa de saldar parte de minhas dívidas da agricultura. E pela repercussão que deram essas flores, estou otimista com a produção dos grãos", conta.

Irmão de Carlos, Fabiano Missiagia diz que a plantação de girassol traz vantagens também para o solo "Quando você planta na terra, além de deixar a matéria orgânica que corrige o solo, dá para detectar onde a área está mais fraca e precisa ser corrigida, porque ele aponta na plantação e você consegue ver que não desenvolve muito", diz.

A plantação de girassol da fazenda, segundo Fabiano, serve para vários tipos de comercialização como colher o grão para passarinhos ou fazer silagem para trato do gado. "Quem tiver interesse de comprar o grão, nós comercializamos", explica. (MS)