Diário da Região

22/05/2019 - 09h17min

INVESTIGAÇÃO

Mulher é detida por suspeita de adoção irregular

De acordo com a polícia, investigadores passaram a madrugada desta quarta no Terminal Rodoviário, onde conseguiram surpreender a jovem, de 19 anos, que teria dado à luz uma criança em Rio Preto

Marco Antonio dos Santos Conselheira tutelar leva criança que seria entregue irregularmente para adoção
Conselheira tutelar leva criança que seria entregue irregularmente para adoção

Policiais da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Rio Preto realizaram uma operação especial na madrugada desta quarta-feira, 22, para deter uma mulher de 45 anos suspeita de adoção irregular na cidade.

De acordo com a polícia, investigadores passaram a madrugada desta quarta no Terminal Rodoviário, onde conseguiram surpreender a jovem, de 19 anos, que teria dado à luz uma criança em Rio Preto. As investigações apontam que ela é de Redenção, do Pará e iria viajar para Cascavel, no Paraná, e a mulher teria convidado essa grávida para vir até a cidade ter a criança sob seus cuidados e depois o bebê ficaria com a suspeita.

A jovem e a mulher suspeita de adoção irregular foram detidas e encaminhadas à DDM. Elas prestam depoimento na manhã desta quarta, na delegacia.

Segundo o que foi apurado, os investigadores receberam uma denúncia, em abril, de que uma mulher já tinha tentado por três vezes pegar crianças que não seriam dela para ficar com elas. As jovens grávidas, geralmente em situação frágil que não teriam condições de ficar com as crianças.

A polícia investiga como é que funciona essa conexão da mulher com as jovens, se elas se comunicavam pela internet, onde que elas ficavam em Rio Preto, etc... O que foi apurado é que as jovens vinham para Rio Preto, passavam os últimos momentos da gestação em um apartamento ajeitado por essa mulher com toda assistência médica e depois a mãe fazia uma declaração e entregava o bebê para essa mulher.

No caso desta quarta, a DDM interviu e a criança foi levada da delegacia por uma conselheira tutear. A Vara da Infância e Juventude será acionada.

As duas mulheres serão enquadradas no Estatuto da Criança e do Adolescente pelo crime de não cuidar da criança.

Mais informações em breve.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso