Diário da Região

09/05/2019 - 10h28min

DIÁRIO DA GRATIDÃO

Associação Madre Teresa de Calcutá precisa de doações

A iniciativa faz parte da campanha Diário da Gratidão; saiba como pode ajudar

Mara Sousa 7/5/2019 Maria da Conceição dos Santos (esq.), que também atua na associação, com Luzia de Jesus Costa, fundadora
Maria da Conceição dos Santos (esq.), que também atua na associação, com Luzia de Jesus Costa, fundadora

A Associação Madre Teresa de Calcutá, que cuida e oferece suporte para pessoas em situação de rua, está precisando de doações de alimentos e produtos de limpeza. Atualmente são dez pessoas em situação de rua que moram na república disponibilizada pela entidade, outros dez que estão em fase de triagem e 24 que são acolhidos em uma chácara para tratamento.

A iniciativa faz parte da campanha Diário da Gratidão, que todo mês, e também com ações paralelas, apoia causas nobres que precisam de algum suporte. Para ajudar a associação Madre Teresa, basta o interessado trazer sua doação de alimento ou de produtos de limpeza até a sede do Diário da Região, localizado na avenida Feliciano Salles Cunha, número 1515, no Distrito Industrial.

Há 25 anos em atividade, a associação foi criada e fundada pela Luzia de Jesus Costa, mais conhecida como "Tia Lu". Segundo ela, a Madre Teresa não surgiu, na verdade foi um chamado de Deus. "Foi um chamado muito profundo para servir os mais pobres. Todos os dias aparecia um morador de rua em frente da minha casa", conta. 

Com seis potes de margarina recheados com a comida feita por ela, tia Lu saía e andava por vários locais de Rio Preto para alimentar os moradores em situação de rua. Em um determinado dia, um deles estava usando uma cesta básica como travesseiro e ofereceu para ela levar para casa. Assim começou sua jornada ajudando os moradores de rua. "Ao final de três anos recebi uma proposta da Paróquia Santa Cruz. Quem ficou a frente depois foi a Renovação Carismática Católica, que era o grupo de oração que eu frequentava e me ofereceram para fazer parte de um grupo maior, para ajudar os moradores", lembra ela.

No início foi alugada uma casa na rua General Glicério, onde era servido café da manhã, almoço e jantar. Depois mudaram para a rua Bernardino de Campos e o fluxo de moradores de rua era muito grande. "Teve dia que a gente contava no almoço 180 pessoas para comer". O último ponto antes de irem para a atual sede foi na Vila Anchieta.

Depois de nove anos de trabalho com os moradores, tia Lu precisou ser internada em um hospital de Barretos para tratar de um câncer. Foi nesse período de internação que ela diz ter recebido mais um chamado de Deus, o qual dizia que ela precisava desvincular a associação Madre Teresa do grupo de oração.

Em 2004, após se desvincular, alugaram a casa onde é atual sede na rua Maxímiano Mendes, na Vila Santa Cruz. A casa do lado da sede também foi alugada, onde começaram a acolher e encaminhar os moradores para tratamento com o intuito de combater a dependência química e alcoólica.

Hoje as duas casas foram compradas pela associação, além da chácara alugada onde os moradores ficam por seis meses com ajuda de assistente social, psicólogo, conselheiros e monitores. No local moram 24 pessoas em tratamento. Após o período de acolhimento, eles vão para a casa ao lado da sede, que atualmente funciona como uma república onde moram dez pessoas. "A grande sacada aqui é fazer com que eles consigam arrumar um trabalho. Nós oferecemos todo suporte para isso", finalizou.

Além de moradores, eles também são assistidos, todos os dias eles vão para o Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) onde recebem todo apoio do órgão da saúde que faz um trabalho de parceria com a Madre Teresa com acompanhamento médico e psiquiátrico.

Para consumir o café da manhã e o almoço, os moradores precisam apresentar a documentação. Caso tenham perdido, são orientados a registrarem boletim de ocorrência para a retirada de novos documentos. 

(Colaborou Luciano Ramos)

Filomena

Mara Sousa 7/5/2019 Filhote gata Filomena
Filhote gata Filomena
  • Idade: Três meses
  • Raça: Vira-lata
  • Sexo: Fêmea
  • ONG: Fauna Protetora

Filomena é o nome da segunda gatinha apresentada pelo projeto Diário da Gratidão, que neste mês incentiva a adoção de animais.

Com três meses e aos cuidados da voluntária Pamela Amaral, da ONG Fauna Protetora, a gatinha está à procura de um lar definitivo. “Ela foi encontrada no Santa Ana. No bairro tem muitos cachorros bravos e fomos avisados que eles estavam matando os gatos. Foi quando fomos até lá para pegar”, comentou Pamela.

“Ela tem o instinto de felino mesmo, sempre ativo. Ela adora brincar com bolinhas, mas também gosta de ficar repousando em uma cama”, diz.

Segundo a voluntária, a gatinha ainda não está castrada por conta da pouca idade. “A Filomena já está vacinada, mas ainda precisa esperar um tempinho a mais para ser castrada”, disse Pamela, que afirmou que a castração é garantida e por conta da Fauna Protetora.

Os interessados em ficar com Filomena e outros animais divulgados pelo Diário da Gratidão, como o cães Lanchinho e Raí e a gatinha Cristal (que foram apresentados nas edições anteriores) podem entrar em contato com o Diário pelo telefone (17) 2139-2028, das 8h às 14h, ou pelo e-mail luciano.ramos@diariodaregião.com.br.

Todos os animais que forem adotados através da campanha Diário da Gratidão também vão receber banho e hidratação gratuitos oferecidos pelo Pet Shop Petland Murchid.

(Colaborou Marcelo Schaffauser)

 

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso