Diário da Região

28/05/2019 - 00h30min

DIÁRIO DA GRATIDÃO

Veja como diminuir o impacto do frio para os pets

Baixas temperaturas incomodam os humanos e também os animais de estimação

Mara Sousa 27/5/2019 Cachorrinha Preta com roupinha para proteger do frio: dona também usa uma toalha na porta da casinha
Cachorrinha Preta com roupinha para proteger do frio: dona também usa uma toalha na porta da casinha

A queda das temperaturas na região desde a semana passada, como no último sábado, 25, quando os termômetros marcaram 11 graus, fez o rio-pretense tirar as roupas de frio do armário. Contudo, não são somente as pessoas que sentem a mudança no clima. Os cães, principalmente aqueles com pouca pelagem ou que ficam expostos nas ruas ou quintais, também sofrem igual aos seres humanos.

Em campanha em prol da adoção de animais, através do projeto Diário da Gratidão, o Diário conversou com a veterinária Úrsula Polito, da clínica Zilda Mayer, que explicou como os pets podem ser protegidos em períodos de baixas temperaturas.

"Quando o tempo fica mais frio, o mais importante é o cuidado com o animal idoso e o animal que tem doença osteoarticular, como artrite e artrose. Esses cães sofrem mais com o frio, porque as doenças articulares acabam tendo mais sensibilidade nesse período", diz.

Uma alternativa para esses animais é o uso de condroprotetor, que são nutracêuticos para melhorar a lubrificação das articulações, para reduzir a dor, ou tentar colocar roupinhas e forrar o local onde eles dormem. "A roupinha ajuda, auxilia, assim como forrar o local que o animal deita com um papelão ou até mesmo caminha e cobertor, sempre no período da noite quando está mais frio", orienta.

Quem utiliza a roupinha e até tolhas para se proteger durante as temperaturas mais frias é Preta, cadelinha que está há oito anos com Silvia Elena. "A gente coloca na frente da casinha uma toalha para cortar um pouco o vento. E além da toalha nós colocamos a roupinha para aquecer", diz.

Contudo, não são todos os cães que aceitam usar roupinha ou mesmo conseguem dormir em panos ou cobertores.

Úrsula explica que os donos precisam tomar cuidado nesses casos. "Temos um grande problema: os donos colocam o pano e o animal é daqueles que rasga todo o pano e come. E isso pode causar obstrução por corpo estranho", diz a veterinária.

Segundo Úrsula, é difícil decifrar quando o animal sente frio. Por isso, o dono precisa estar atento às modificações do animal. "O cão é igual a nós. Ele tenta manter a temperatura corporal conforme vai esfriando, mas como a variedade é muito grande, desde o cão que não tem pelo até o cão que tem uma pelagem muito densa, cada um deles tem um período de frio diferente", diz.

A veterinária afirma que uma forma visível é observar se o cão está tremendo. "Isso o dono terá que identificar se é frio ou medo. O animal que deita muito encolhido, muito enroladinho, em forma de bola, é um sinal de frio e que ele precisa se aquecer", explica.

Por fim, Úrsula chama a atenção para outro detalhe importante com a chegada do frio: o tempo seco, que prejudica bastante os animais. "Principalmente aqueles que têm problemas respiratórios de bronquite e asma. Deve-se procurar usar um umidificador no ambiente que o animal fica. Se for um cão que dorme junto com o dono, ligar o umidificador dentro do quarto", finaliza.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso