Diário da Região

12/04/2019 - 22h15min

FINAL DO PAULISTÃO

Cuca exalta a garotada; Andrés insiste em W.O. como represália

Reprodução/Facebook Cuca: garotos estão dando conta do recado e serão mantidos
Cuca: garotos estão dando conta do recado e serão mantidos

Próximo do momento do início da decisão do título do Campeonato Paulista 2019, o técnico Cuca exaltou o trabalho da garotada que vem dando conta do recado e garantindo boa performance à equipe tricolor. O presidente corintiano Andrés Sanches, por outro lado, insiste em condicionar a participação do time no primeiro duelo da final, neste domingo, 14, no Morumbi, a um eventual ataque ao ônibus da delegação

Cuca, em entrevista coletiva concedida nesta sexta-feira, 12, vê a evolução de garotos como o atacante Antony e o meia rio-pretense Igor Gomes como algo natural e por essa razão não vê motivo para promover mudanças. "A gente está fazendo as mesmas coisas do que em outros dias, não tenho motivo para mudar. A gente que é pessoa pública tem de saber que vai lidar com grande público, e esse é o momento do grande jogador. Não precisa ter 30 anos. Com 19, 20, 18, já se torna protagonista. Eles estão preparados", afirmou.

O treinador do São Paulo lamentou a ausência de Pablo, que ainda se queixa de dores na panturrilha e não vai para o jogo neste domingo. "Infelizmente o Pablo não vai ter condição, o Hernanes está recém voltando também. Vamos com o elenco das partidas contra o Palmeiras", adiantou.

Represália

Também em coletiva nesta sexta, o presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, explicou o ofício enviado para a Federação Paulista de Futebol, à Polícia Militar e ao Ministério Público.

"Se quebrar o vidro não entra no campo. Não joga. Acabou, pode dar W.O., fazer o que quiser. Por isso que estou avisando antes. Tem alguém no Brasil que desconhece esse fato? Se quebrar não vai jogar. Não vai entrar em campo. Não é problema do Corinthians", afirmou.

Na quinta-feira, o presidente do Tribunal de Justiça Desportiva de São Paulo, Antonio Olim, disse ao Estado que se o Corinthians não entrar em campo perderá por W.O. Andrés ignorou a ameaça e pediu um basta para uma situação que tem sido corriqueira na chegada ao Morumbi. Em 2017 e 2018, o ônibus do Corinthians foi apedrejado.

"Toda vez que vamos jogar lá o ônibus é apedrejado, algumas vezes quebrou outras não. Sempre fomos muito tem tratados dentro do Morumbi. O problema é na chegada que tem sempre uns imbecis que fazem isso", complementou o cartola.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso