Diário da Região

10/03/2019 - 00h30min

MARINA MOSCHEN

Esquenta o romance entre Larissa e Diego

Rede Globo/Divulgação Larissa (Marina Moschen) e Diego (Sérgio Malheiros) em 'Verão 90'
Larissa (Marina Moschen) e Diego (Sérgio Malheiros) em 'Verão 90'

Em breve, o noivado de Larissa, personagem de Marina Moschen com Quinzinho, vivido por Caio Paduan, enfrentará problemas mais sérios em 'Verão 90'. Nos próximos capítulos da novela das 19h da Globo, o romance entre a patricinha e Diego, papel de Sérgio Malheiros, ganhará mais espaço.

"Quinzinho é um playboy. A relação deles virou uma amizade e estão noivos mais para agradar a família do que por se amarem. E Larissa se apaixonou pelo Diego; eles vão viver uma bonita história de amor", adianta Marina.

No começo de 'Verão 90', Larissa chegou a confundir Diego com um ladrão, quando esbarrou com o rapaz em uma pizzaria. Mesmo que sem intenção, agiu de forma preconceituosa com o filho de Janice (Claudia Ohana). Ao se relacionar com o estudante, ela começará a perceber o racismo que ele enfrenta todos os dias.

"Eles estudam na mesma faculdade e estão se conhecendo melhor. A história dos dois é bem bacana porque mostra Larissa experimentando um pouco da realidade do Diego. Além disso, também tem todos os preconceitos que ele sofre no mundo dela", analisa.

Um dos obstáculos no relacionamento de Diego e Larissa é o playboy Candé (Kayky Brito). Claramente preconceituoso, o sócio da PopTV não aceita a ligação da irmã com um garoto negro e pobre. Aliás, antes mesmo desse envolvimento, o surfista já tinha brigado com o rapaz. E, provavelmente, o restante da família também não gostará de conviver com as diferenças sociais entre o casal.

"Larissa tem uma família muito rica, que mora em Brasília, enquanto ela mora no Rio com o irmão, o Candé. Eles são jovens e vieram pra cá trabalhar, mas, em algum momento, lá para o meio da novela, os pais deles vão chegar", adianta.

Época nostálgica

O folhetim resgata a atmosfera dos anos 1990, com seus objetos, músicas, roupas e comportamentos. Nascida em 1996, Marina Moschen tem poucas lembranças dessa década. Suas recordações, na verdade, começam a partir de 2000. Mesmo assim, a intérprete de Larissa ressalta que é um momento nostálgico para ela, por conta do que absorveu da época pelas lembranças de outras pessoas.

"Mesmo não tendo vivido, muitas coisas que participaram da minha infância vieram dali. O uso do celular era muito diferente de hoje em dia, com o aparelho na mão o tempo todo. Então, acho que tem essa diferença de ter um telefone fixo e a comunicação ser um pouco mais difícil com as outras pessoas. Alguns hábitos nós não temos mais, então temos de lutar para conseguir passar isso em cena de uma forma orgânica", exemplifica.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso