Diário da Região

02/02/2019 - 15h51min

MILAGRE DA MANHÃ

Música promove relaxamento durante encontro

Canções ajudam participantes a obter o melhor da experiência

Mara Sousa Ao final, no momento da massagem e do abraço, é tocada
Ao final, no momento da massagem e do abraço, é tocada "We Are The Champions", da banda Queen

Chariot of Fire, a música clássica, e We Are The Champions, da icônica banda Queen, são duas das canções que os participantes do projeto Milagre da Manhã, do Diário da Região, ouvem todos os dias - para cada momento, uma melodia. Os títulos foram selecionados pelo neurocirurgião e coach Eduardo Silva, que coordena os encontros.

Em estado de alerta, o cérebro está nas ondas beta. "A música barroca entra no mesmo ritmo das ondas alfas e tetras. As alfas são ondas de relaxamento e a tetra é de um relaxamento mais profundo, da criatividade, onda de cura. Isso acalma o cérebro. Entramos para um subconsciente onde está toda a nossa capacidade de criatividade, de relaxamento, de podermos fazer essas transformações da vida", afirma Silva. 

Ele cita o estudo de uma pesquisadora do Programa de Oncobiologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro, que em 2011 expôs uma cultura de células ligadas ao câncer de mama a meia hora da Quinta Sinfonia, de Ludwig van Beethoven. Uma em cada cinco das células doentes morreu. Outra pesquisa, de estudiosos sul-coreanos, aponta que música clássica estimula o crescimento de plantas. 

Para Carlos Eduardo Ferreira Vinagre, 36 anos, a música faz toda a diferença nos encontros do Milagre da Manhã. "Muitas vezes parece que ela vem do próprio ambiente, forma uma sinfonia junto com os pássaros", afirma. Ele também ouve música barroca em outros momentos, como quando pratica esportes. "Assim como muitas pessoas, sinto ansiedade antes de eventos importantes, então coloco no fone de ouvido e parece mágica", diz. 

Thais Pinheiro Baschiera, 25 anos, destaca a harmonia das canções. "Nos ajudam a alcançar as ondas alfa, responsáveis pela concentração e memorização, baixando assim as ondas betas que nos fazem sentir elétricos. Ao alcançarmos um potencial maior de harmonia e relaxamento através da música barroca, conseguimos absorver mais o que nos é ensinado como também quando estudamos sozinhos", acredita. 

A participante Renata Issas, 50 anos, conta que o projeto tem ajudado a combater a ansiedade, depressão e insônia e a manter o foco. "Depois que aprendi a ouvir essas músicas, sinto uma clareza mental e um alívio no estresse, me sinto tranquila. No início encontrei alguma dificuldade com a meditação, mas tentei praticar apenas com a música. Escolho a posição confortável, fecho meus olhos e concentro-me nos sons e na sensação que a música desperta em mim".

Segundo o neurologista Eduardo Silva, as músicas calmas diminuem as ondas cerebrais e produzem neurotransmissores como serotonina, que ajuda a regular o humor, sono, apetite, ritmo cardíaco, temperatura corporal, sensibilidade e funções intelectuais.

O programa

O projeto Milagre da Manhã do Diário da Região é inspirado no livro de mesmo nome do americano Hal Elrod, onde ele preconiza que acordar e realizar os "salvadores de vida" antes das 8h da manhã melhora a qualidade de vida do indivíduo tanto física quanto emocional e espiritualmente. Os "salvadores de vida" são atividade física, meditação, visualização, afirmação, escrita e leitura. O programa teve início no dia 21 de janeiro e será encerrado em 21 de fevereiro. Os encontros acontecem todos os dias, das 6h às 7h, na área pública do condomínio Quinta do Golfe. Para se inscrever, envie um e-mail com nome, idade e telefone de contato para millena.grigoleti@diariodaregiao.com.br.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso