SÃO JOSÉ DO RIO PRETO | QUINTA-FEIRA, 11 DE AGOSTO DE 2022
Pets

Cães e gatos também doam sangue

O sangue do animal passa por uma bateria de exames antes se ser liberado para a uso

Fabrício Santana
Publicado em 05/12/2018 às 00:30Atualizado em 07/07/2021 às 21:53

Quando se fala em doação de sangue, muita gente pensa logo na doação entre humanos. Mas você sabia que cães e gatos também podem doar? O veterinário Rodrigo Storti explica como funciona todo o processo de doação de sangue animal.

"O animal é contido em uma mesa de procedimentos e o veterinário procura um acesso venoso (podendo ser na veia jugular ou na veia cefálica). Em seguida, se faz a antissepsia no local, introduz-se a agulha (flebotomia) e retira o sangue do animal", detalha.

O tempo estimado é variável, depende muito da docilidade do animal e da quantidade de sangue que for retirar. Mas o tempo médio é de 15 a 20 minutos.

O veterinário explica ainda que o sangue passa por uma bateria de exames antes se ser liberado para a uso. São feitos vários testes como: PCR (reação em cadeia da polimerase) para ehrlichia, babesia, brucelose e leishmaniose; e exames de sorologia para dirofilariose e borrelia. Em felinos, são realizados PCR de FIV (vírus da imunodeficiência felina ), FELV (vírus da leucemia felina) e Mycoplasma.

Caso o animal tenha tomado alguma vacina, é preciso esperar 21 dias para poder realizar a doação de sangue.

 
Grupo Diário da Região.© Copyright 2022É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por