Diário da Região

12/12/2018 - 14h56min

EDUCAÇÃO

Colégio de Rio Preto, com Educação Infantil bilíngue, aposta no ensino individualizado

Com isenção na taxa de matrículas, Colégio Invictus utiliza sistema de ensino elaborado por professores que atuam em sala de aula e dotado de conteúdo didático contextualizado

Johnny Torres 11/12/2018 Sala do Ensino Fundamental do Colégio Invictus
Sala do Ensino Fundamental do Colégio Invictus

Diante de um mercado de trabalho bastante exigente, saber se comunicar bem faz toda diferença para se ter destaque em qualquer carreira. Mas não basta apenas dominar o português, o mundo cada vez globalizado também pede por um segundo idioma, principalmente o inglês. De acordo com pesquisa do site de empregos Catho, apenas 3% dos brasileiros sabem falar inglês fluentemente. Esse conhecimento se reflete no salário, que chega a aumentar até 52% para os profissionais que têm domínio de uma língua estrangeira.

Mas estudar inglês não é tão simples, rápido e muito menos barato. Por isso, aprender outro idioma desde cedo faz toda diferença.

Johnny Torres 11/12/2018 Sistema de ensino bilíngue possui material integrado com a Universidade de Cambridge, do Reino Unido
Sistema de ensino bilíngue possui material integrado com a Universidade de Cambridge, do Reino Unido (Foto: Johnny Torres 11/12/2018)
   

Em 2019, o Colégio Invictus irá integrar a sua grade curricular da Educação Infantil, de 2 a 5 anos, o ensino bilíngue, em que metade da carga horária será ministrada em português e a outra metade em inglês. Já para o Ensino Fundamental, as aulas acontecem quatro vezes por semana no período da tarde com, no mínimo, 5 horas semanais. Esse método de combinar os dois idiomas é uma parceria da escola com a Cambridge University, visando a tornar a aprendizagem mais eficaz e dinâmica. “Então, o que se desenvolve no projeto da língua materna, também se desenvolve no projeto da segunda língua, o inglês”, diz Clesner Menegoli, diretor do Colégio Invictus.

Johnny Torres 11/12/2018 As salas de aula possuem móveis para cada faixa etária e com base na prática de cada atividade
As salas de aula possuem móveis para cada faixa etária e com base na prática de cada atividade (Foto: Johnny Torres 11/12/2018)
Mesmo tendo pouco tempo de atuação na educação de crianças e adolescentes de Rio Preto, o colégio procura se diferenciar dos métodos das tradicionais escolas. A experiência de 16 anos no ramo da educação instigou Clesner a buscar um sistema de ensino que focasse não somente no aprendizado das convencionais disciplinas, mas também nas necessidades do próprio aluno. “Buscamos um sistema pedagógico que possa atender as nossas expectativas com relação às novas tecnologias relacionadas à educação e com uma proposta mais significativa para o aluno”, explica o diretor.

Com base nisto, o Colégio Invictus adotou o sistema de ensino pH do Rio de Janeiro, em que os conteúdos abordados no material didático são todos contextualizados, partindo de perguntas geradoras. Como são produzidos pelos próprios professores que conhecem as necessidades da sala de aula, a construção do conhecimento explora o modo como os alunos aprendem. “Não existe aprendizagem se não houver uma conexão daquele conhecimento abstrato com o mundo real. Então, os professores mostram o real motivo de estudar aquele conteúdo, com foco em competências e habilidades para a solução de problemas”, diz o educador.

Para se adequar ao novo formato de ensino no Brasil, o colégio está implementando em sua grade a visão do que será a Nova Base Nacional Comum Curricular (BNCC), partindo do princípio de que o aluno precisa ter mais autonomia para escolher as matérias com as quais se identifica mais e condizente com as suas pretensões profissionais, sem desprezar, contudo, além do português e da matemática, as demais disciplinas, compreendidas como indispensáveis para o êxito da formação escolar do aluno.

Deste modo, o ensino se torna individualizado, já que o aluno aprende como usar o conhecimento, que está sendo construído, para a solução de problemas, para a socialização e o desenvolvimento da inteligência socioemocional e interpessoal do aluno de modo que se torne produtivo para atuar no mercado de trabalho. “Hoje, entendemos que a escola tem que ser um espaço, de fato, de socialização e construção de saberes, porque o conhecimento está em um processo de reconstrução diária. Não podemos acreditar que o conhecimento dos livros seja imutável, pois, uma vez que o aluno entra em contato com aquela informação, ele a reconstrói a partir da sua subjetividade”, explica Clesner.

Além de trazer todos esses diferenciais, o Colégio Invictus está com isenção na taxa de matrículas para novos estudantes.

ESTUDO NA PALMA DA MÃO

Johnny Torres 11/12/2018 Por meio do aplicativo, alunos fazem exercícios do conteúdo estudado em sala de aula e podem tirar suas dúvidas através de uma monitoria online
Por meio do aplicativo, alunos fazem exercícios do conteúdo estudado em sala de aula e podem tirar suas dúvidas através de uma monitoria online (Foto: Johnny Torres 11/12/2018)

Não há como negar a importância que a tecnologia proporciona à vida das pessoas. E na escola, os recursos educacionais acabam sendo fundamentais para aprimorar o conhecimento.

Sabendo disto, o Colégio Invictus incorporou ao seu projeto educacional um sistema de ensino que adota a plataforma Plurall, em que o aluno conta com uma estrutura virtual para aprender além da sala de aula. A partir do 6º ano, os estudantes recebem semanalmente no aplicativo 10 exercícios de cada disciplina, totalizando 120 atividades por semana, para a realização de atividades revisionais. Ao final de cada semana, o questionário é fechado para avaliação, gerando um gráfico de desempenho de cada aluno tanto para professores e coordenadores pedagógicos quanto para os pais, que acompanharão o progresso dos alunos e poderão intervir em suas dificuldades. Os acertos compõem uma média que, ao final do semestre, entrará na composição da nota do estudante.

Quando o aluno tem dificuldade em algum exercício, ele pode acessar o aplicativo para tirar suas dúvidas através da monitoria online, cuja base de professores fica no Rio de Janeiro. Se algum aluno do Brasil também teve a mesma dúvida e a enviou, ele pode consultá-la ou então enviar uma nova pergunta para a monitoria, que responde em apenas 10 minutos.

“As tecnologias existem justamente para facilitar ainda mais a aproximação do aluno com o conhecimento. Nesta perspectiva, o professor é o mediador, que estuda estratégias metodológicas para tornar o conteúdo formal interessante ao estudante e lhe permita entender que o conhecimento pode ser aplicado a soluções de problemas da vida moderna”, diz o diretor Clesner.

Com Wi-Fi disponível no colégio todo, os alunos contam com professores que estão a tarde inteira à disposição para ajudar nas atividades, além do banco de monitores no Rio de Janeiro, que tiram as dúvidas por meio do aplicativo das 8h às 18h.

Além disso, são oferecidas, no período da tarde, disciplinas eletivas separadas por áreas de conhecimento. Assim aluno pode escolher o conteúdo que vai estudar a partir do seu interesse. Também é possível ter aulas extracurriculares, que são compostas por dança, judô, teatro, culinária e práticas esportivas como futsal, vôlei, basquete, handball e academia.

APRENDIZADO COM ATIVIDADE FÍSICA

Johnny Torres 11/12/2018 Academia integrada ao colégio facilita treinos dos alunos que estão se preparando para enfrentar os vestibulares
Academia integrada ao colégio facilita treinos dos alunos que estão se preparando para enfrentar os vestibulares (Foto: Johnny Torres 11/12/2018)

Aqueles que chegam pela primeira vez ao Colégio Invictus acabam se surpreendendo com a academia instalada no subsolo, junto ao estacionamento. Trata-se de uma das atividades oferecidas aos alunos do Fundamental II, Ensino Médio e também do curso de pré-vestibular para estimular e facilitar a prática de exercícios físicos.

“Quem faz um curso pré-vestibular, tem uma rotina bem corrida, já que costumamos ficar o dia inteiro estudando, então fica bem mais prático fazer academia dentro do colégio, porque não preciso me deslocar. Eu frequentava outra academia e me mudei pra cá justamente pela comodidade”, diz Guilherme Martinez da Costa, estudante do cursinho do Colégio Invictus, que passou em Medicina na Anhembi Morumbi.

Para Letícia Ometto, estudante do cursinho Invictus, a rotina de estudos tende a ser bastante exaustiva, por isso ter os aparelhos para a prática de atividades físicas no próprio colégio ajuda a manter o corpo e mente saudáveis.

“Acho que a academia é essencial para o dia a dia, pois melhora a disposição. Como fico o dia inteiro no cursinho, acabo ficando bem cansada, mas a academia ajuda a melhorar o meu humor e faz com que eu me sinta bem”, diz a estudante, que ainda está em dúvida se prestará Medicina ou Arquitetura.

Mas a academia não é só para os alunos. Os pais podem deixar os filhos no colégio e aproveitar para fazer o treino do dia, por uma taxa mensal de R$ 49,90.

SERVIÇO

Colégio Invictus

Av. Alberto Andaló, 4125 - Centro

Do Ensino Infantil ao Pré-vestibular

Telefone: (17) 3211-9023

Site: www.invictusriopreto.com.br

Facebook: /ColegioInvictusRP

Instagram: @colegioinvictus

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso