Diário da Região

07/12/2018 - 11h13min

CONFRATERNIZAÇÃO

Amigo secreto é estratégia para economizar no Natal

Brincadeira pode ajudar a controlar as finanças no final do ano e deve injetar 5,1 bilhões na economia do país

Pixabay/Banco de Imagens Grande parte dos brasileiros que participam do amigo secreto o fazem como estratégia para gastar menos
Grande parte dos brasileiros que participam do amigo secreto o fazem como estratégia para gastar menos

Mais do que uma simples brincadeira para interagir com familiares e amigos, o tradicional amigo secreto pode ser também uma estratégia para gastar menos com os presentes de Natal. Foi o que revelou uma pesquisa realizada pelo SPC Brasil, que ouviu 761 pessoas em 27 capitais. Segundo o levantamento, entre os que vão participar da brincadeira, 47% dizem que entram no amigo secreto para economizar nos presentes.

A estratégia funciona porque, normalmente, é estipulado um teto financeiro a ser gasto na compra dos presentes. "Além disso, a confraternização coletiva resolve a obrigação de ter de presentear várias pessoas já que cada um se encarrega de apenas um participante e, no fim, ninguém fica sem presente", explica o educador financeiro do SPC Brasil, José Vignoli.

Para Vignoli, além de ser uma ótima forma de economizar, a prática ajuda a manter viva a tradição de presentear pessoas queridas. "O foco deste tipo de brincadeira não é o valor financeiro em si dos presentes, mas a união e isso estimula as pessoas a usarem a criatividade para presentear sem estourar o custo combinado", acrescenta.

Por outro lado, o educador financeiro alerta que participar de vários amigos secretos pode desequilibrar as finanças pessoais. "A dica é participar apenas de amigos secretos em que o preço é estipulado com antecedência e analisar se esse dinheiro não fará falta no seu orçamento neste fim de ano", orienta o especialista.

Segundo o levantamento do SPC Brasil, 50% dos consumidores que participam do amigo secreto o fazem simplesmente por gostarem da tradição. Outros 13% dizem que entram na brincadeira para não serem considerados antissociais.

A pesquisa revelou ainda que 34% dos brasileiros que vão comprar presentes neste Natal devem participar de, pelo menos, um amigo secreto. Outros 45% devem ficar de fora da brincadeira, enquanto 21% não decidiram se participam ou não.

Apenas 11% dos que não pretendem participar da confraternização alegam razões financeiras. Entre os que vão ficar de fora, a maioria é por não gostar da brincadeira ou simplesmente por falta de costume.

Já entre os que vão participar, a maioria deve entrar em um ou dois amigos secretos, em média. Somente 10% dizem que vão entrar em três ou mais confraternizações. Neste ano, o gasto médio do presente não deve superar os R$ 60 e, segundo o SPC, a brincadeira deve injetar 5,1 bilhões na economia do país.

A pesquisa investigou em detalhes o comportamento de consumo no Natal e o nível de confiança do levantamento é de 95%, considerando a margem de erro de 3,5 a 4 pontos percentuais.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso