Diário da Região

05/12/2018 - 20h22min

Combate ao crime

Grupo no WhatsApp vai agir na segurança do Centro

Ação de "Vizinhança Solidária" foi criada pela PM e pela Acirp

Marco Antonio dos Santos 5/12/2018 Representantes dos lojistas e da PM no lançamento da medida
Representantes dos lojistas e da PM no lançamento da medida

A Polícia Militar e a Associação Comercial e Empresarial de Rio Preto (Acirp) criaram um grupo no WhatsApp com 40 lojistas para agilizar o combate à criminalidade na região central da cidade. Por meio do aplicativo, os comerciantes poderão denunciar crimes em andamento, o que deve deixar mais rápido o atendimento policial e contribuir para flagrar os criminosos.

A adoção do aplicativo de celular para estreitar a comunicação entre polícia e comerciantes vem após dois meses de reunião de representantes da Acirp com o comando do 17º batalhão da PM. O lançamento oficial da parceria foi nesta quarta-feira, dia 5, data da ampliação do horário de funcionamento das lojas, que agora fecham às 22h, para atender a demanda de consumidores no final do ano.

O comandante do 17º Batalhão da PM, coronel Fabio Cândido, afirma que a iniciativa surgiu inspirada no Programa Vizinhança Solidária, que foi iniciado em Ecatu, distrito de Tanabi, e existe em diversos bairros de Rio Preto. Por meio desses grupos, que têm policiais entre os participantes, os moradores denunciam a presença de suspeitos na vizinhança e podem até enviar fotos para facilitar a abordagem policial.

No grupo dos comerciantes, de nome "Centro Solidário", há um administrador, chamado pela PM de tutor, que ao saber de algo grave liga para o capitão Laerte Cavalari, comandante da 3º companhia da PM, responsável pelo patrulhamento da região central.

"Este grupo surgiu após muitas reuniões que tivemos com os comerciantes da região central, sobre a necessidade de participação maior deles, como sendo os olhos da polícia, nos passando as situações de crimes e irregularidades. A PM, com os olhos da comunidade, poderá fazer um trabalho melhor no combate à criminalidade", diz o coronel.

O diretor de comércio da Acirp, Walter Carrazzone Jr., acredita que a interação por meio do WhatsApp vai resultar em mais segurança no Centro. "Importante a união da PM e da Acirp. Isso vai ajudar a combater os pequenos furtos, vandalismo e outros crimes. Tivemos uma boa adesão dos comerciantes da rua Pedro Amaral. Em breve mais lojistas vão aderir. Se tiver um pequeno furto na rua Pedro Amaral, dá para avisar a PM para prender o ladrão rapidamente", comenta o diretor.

De forma preventiva, a adesão ao grupo passa por uma triagem da Acirp para verificar se o solicitante é mesmo comerciante antes de ter seu número de celular incluído, mas não é preciso ser associado à entidade.

Além do grupo de WhatsApp, a PM colocou dez viaturas com 20 policiais na região central para aumentar o patrulhamento preventivo, explica o capitão Fabiano Crestani, porta-voz do 17º Batalhão.

Atualmente, o Programa Vizinhança Solidária conta com nove grupos em funcionamento em Rio Preto. Há planos da PM de chegar a 20 grupos até o primeiro semestre de 2019.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso