Diário da Região

25/11/2018 - 08h00min

MOVIMENTO ABRAÇAR

O papel da literatura na formação de valores humanos

O uso de livros sobre amor, paz, ação correta e não violência no Movimento Abraçar

Divulgação ADA Capas dos livros
Capas dos livros

Um dos recursos utilizados no Movimento Abraçar, que será implementado na Escola Municipal Daisy Rollemberg Trefiglio, em Rio Preto, no próximo ano, é a literatura. Desenvolvido pela Associação Carlos Andreani (ADA), o projeto tem o objetivo de formar as crianças em valores humanos. Na creche Monte Cristo, em Campinas, pioneira da ideia, os professores usam em sala de aula livros desenvolvidos pela própria instituição. 

"Os livros próprios foram desenvolvidos devido à pouca disponibilidade de literatura infantil sobre os valores humanos. São trabalhados amor, paz, verdade, ação correta e não violência", afirma o professor Carlos Sebastião Andriani, que desenvolveu o Abraçar. A leitura complementa outras atividades, e o objetivo é o desenvolvimento de valores nos pequenos. "Temos toda semana leitura de livros sobre valores para as crianças e buscamos selecionar a literatura. É muito comum existir no mercado publicações que reforçam a violência", diz. 

As histórias são tão importantes que na nova unidade da Monte Cristo, que está sendo elaborada, as salas terão pinturas de personagens que aparecem nas histórias. 

A Secretaria de Educação de Rio Preto vai verificar se adotará os livros utilizados pela associação - é preciso analisar se eles estão em conformidade com os parâmetros literários locais. Rio Preto faz parte do Plano Nacional do Livro Didático e em 2019 receberá novos materiais. Também é preciso levar em conta que no próximo ano entra em vigor a Lei de Diretrizes Básicas da Educação.

Os livros do Movimento Abraçar incluem materiais para os professores, estórias infantis sobre valores humanos e enciclopédia em cordel para os docentes de educação infantil - essas publicações são usadas com educadores no Nordeste, onde até o momento o Abraçar está presente no Ceará e em Pernambuco. A coleção completa terá 120 cordéis, "cada um com um tema específico e importante para o professor que atua nas creches e pré-escolas. Hoje temos 36 publicados", cita Andriani. 

Os títulos dos livros trabalhados com as crianças incluem, por exemplo, "Lobito do Cerrado", "O Pavãozinho e a Rosa", "Taru", "A Formiga Tuti" e "A Competição". Os materiais são escritos pelo próprio Andriani, membros da família e colaboradores. 

No material dedicado à pesquisa em educação, voltado para os professores e multiplicadores (educadores que formam outros quando o projeto está iniciando em outras cidades), há a introdução aos valores humanos e às diferentes dimensões do homem, além de instruções sobre como lidar com a legislação do Ministério da Educação. No livro "Os Valores Humanos", os docentes podem perceber o que são os valores humanos por meio de histórias simples.

Andriani defende que as pessoas percebam os valores, e não os aprendam. Não adiantaria falar para uma criança, por exemplo, que agredir o colega é errado. Seria preciso mostrar a ela que uma ação negativa gera um sentimento ruim. Assim, ela se torna professora de si mesma.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso