Diário da Região

29/11/2018 - 21h34min

Cartas do Leitor

Maconha

"Comissão do Senado aprova cultivo para uso medicinal da planta que dá origem à maconha". O projeto ainda terá que passar CCJ antes de seguir para o plenário do Senado. Depois, será analisado pela Câmara dos deputados. Vejam como a entrada do assunto vem pelas portas dos fundos. Quem é a relatora? Marta Suplicy (MDB-SP), ex-petralha, personagem política comprovadamente em desuso tal seu aproveitamento na área.

O País precisa na atualidade de leis que venham fortalecer o anseio da população e não de propostas pequenas como a desta personagem política que talvez nem venha a ser lembrada mais, tal sua insignificância durante sua trajetória. Quem não se lembra da sua entrevista em um aeroporto por ocasião de um colapso aéreo no País? Àquela época, ela deveria ser defenestrada, mas somos muito complacentes.

Nosso atual combate ao tráfico é tão ínfimo não pela incompetência mas por outros motivos como parcos recursos financeiros e quantidade de agentes, que aprovar este projeto abrirá portas para uma disseminação incontrolável do cultivo da droga, visto que profissionais da área de saúde são cooptados em grande escala fornecendo atestados falsos, o que fará com que o cultivo fique legalizado. Cidadão que necessitar de tal tratamento médico terá amparo em clínicas especializadas, o único benefício que a população terá será o aumento do tráfico.

Temos que tomar todas as precauções no sentido de acompanhar o apagar das luzes do Congresso em relação aos políticos que foram para o esgoto na última eleição.

Marcos Reis, Rio Preto.

Calote

Premiar o cidadão correto, honesto, cumpridor de seus deveres é uma prática que está ganhando espaço nos municípios, com uma boa cobertura da mídia, e certamente com um aumento de arrecadação pelos municípios que adotam tal prática.

No entanto vivemos numa cidade com uma arrecadação milionária que premia o inadimplente, que também podemos chamar de contribuinte-irresponsável. Todo ano, quase sem exceção, a Prefeitura de Rio Preto anuncia um perdão das multas e juros dos tributos municipais, fazendo com que muitos cidadãos cumpridores de seus deveres tributários se sintam legítimos otários, por pagarem seus tributos em dia.

Não sei se alguém já fez esta conta, mas creio que as cidades acima certamente arrecadam uma diferença muito maior do que os prêmios que distribuem, enquanto que nossa cidade certamente perde muito mais, pois além dos descontos ainda arrecadam com atraso, algumas vezes de até uma década.

Aí, o diretor do Semae anuncia com todas as letras que o contribuinte pagante custeia os valores não recebidos dos inadimplentes. Certamente tal fato também acontece com os outros impostos, taxas, contribuições e serviços públicos.

Enquanto temos muita gente preocupada em premiar pessoas de bem, ainda existem, infelizmente, aqueles que preferem premiar os opostos, ou seja torna os cidadãos de bem legítimos contribuintes-otários.

Será que, com tanta Lava Jato e outras operações de evasões de divisas, já não estaríamos na hora de buscar valorizar pessoas mais honestas e cumpridoras de todos os seus deveres? Fica a dica aos administradores municipais de todo nosso país, assim como ao estado e união.

Em tempo: sempre pagamos, eu e toda minha família, nossos tributos em dia.

Valdo Garcia, Rio Preto.

Radares 1

A Secretaria de Trânsito, Transporte e Segurança de Rio Preto esclarece que os radares fixos instalados na rua Virgílio Dias de Castro e na avenida Juscelino Kubitschek - e que começam a fiscalizar a velocidade praticada pelos condutores na próxima segunda-feira, dia 3 - foram remanejados de outros pontos da cidade. Isso significa que o número total de radares continua o mesmo.

O radar fixo da rua Virgílio Dias de Castro fica na pista em sentido bairro/centro, no cruzamento com a rua Joaquim Antônio. O outro aparelho está na Juscelino Kubitschek, também no sentido bairro/centro, próximo ao cruzamento com a avenida Abelardo Menezes. Nos dois locais, a velocidade máxima permitida pela sinalização é de 60 km/h. Esses aparelhos foram retirados da avenida Bady Bassitt e avenida marginal Vicente Filizola.

Secretaria de Trânsito e Transportes de Rio Preto.

Radares 2

A mudança de endereço de dois radares mostra, mais uma vez, que quando algum aparelho deixa de multar (ou arrecadar, como queira) significa que o seu custo operacional não pode ficar abaixo da receita esperada, ou seja, prejuízo. Por isso é preciso mudar de lugar ou então deixar de funcionar. Claro que é preciso mudar de lugar.

Esses aparelhos lembram aquele desenho animado, a Corrida Maluca. Naquele desenho, há vários tipos de personagens os mais esquisitos e não pode faltar o vilão que sempre deixa de correr para fazer armadilhas, as mais esdrúxulas, para prejudicar seus colegas concorrentes.

Convenhamos: esse desenho não teria graça alguma se não tivesse um vilão-palhaço e frustrado, que no final de cada episódio sempre se ferra com as suas próprias armadilhas. Mas é bom sempre lembrar: isto é apenas uma obra de ficção. Qualquer semelhança com fatos reais terá sido mera coincidência.

Wanderson Clayson Coldri Sá, Rio Preto.

Supremo

O futuro deste grande país está sendo destroçado pelos três poderes, como vemos no caso do aumento abusivo do judiciário, 16,38%, enquanto o salário "miniminho" foi 2%. Além do "salarião" e penduricalhos, recessos, férias em dobro, não trabalham oito horas por dia, cinco dias por semana e, nas reuniões, ficam num blá, blá, blá para exibir-se em vez de julgarem.

São comuns os desentendimentos entre eles, sobre o que dizem as leis e a constituição. Se em alguma empresa os funcionários exigirem percentuais de aumento de salário muito acima dos índices, a demissão é certa. Os contribuintes, que são seus verdadeiros patrões, estão sendo desrespeitados.

Mário A. Dente, São Paulo.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso