Diário da Região

30/11/2018 - 10h16min

VIDA AMOROSA

Não delete seus aplicativos de paquera antes de ler isso

Antes de apertar o delete, que dá olhar o benefícios que esses apps podem trazer?

Pixabay/Banco de Imagens Apps de paquera podem trazer alguns benefícios.
Apps de paquera podem trazer alguns benefícios.

Deparei-me com esse divertido texto, sem autor definido, navegando na internet. Só achará graça quem assiste à honrosa luta de solteiros e divorciados para encontrar um novo alguém.

Leia a seguir:

"Se você usa aplicativos de paquera como Tinder, Happn ou Bumble, já deve ter se questionado muitas vezes se vale a pena continuar pendurando suas melhores selfies na web como se fosse mignon fresco na vitrine do açougue.

Antes de apertar o delete (e eventualmente voltar depois, feito cão arrependido), que tal levar esses benefícios incríveis em conta?

1- Usando os apps de paquera, você sempre pode confirmar aquela velha suspeita de que todas as pessoas amam música, livros, viagens e comida. Pasme.

2- Você nunca se esquecerá quem é ou de onde veio, porque tem a oportunidade de responder sobre isso umas 4 vezes ao dia.

3- O chat sempre pode lançar luzes sobre suas prioridades afetivas: sair com a pessoa de bom coração que usa roupas esquisitas ou com o paquito que não tem pique pra bater um papo firmeza?

4- Se aprimorar na subestimada arte da conversa fiada e aplicar técnicas ousadas de flerte, tipo mandar perguntas descabidas apenas para escapar do papinho de sempre.

5- Testar todo aquele potencial de espião que você não usou (porque virou publicitário) para dar aquela escaneada nas redes sociais dos possíveis dates e, no final, ter preferido não saber de nada.

6- Usar todo o seu talento & criatividade para expressar apenas o lado bom da sua vida e da sua personalidade.

7- Observar que os perfis (incluindo o seu) são tipo aqueles anúncios de pacotes de viagens com fotos maravilhosas: chegando no destino, a gente sempre descobre goteiras, mosquitos, dificuldade de locomoção ou coisa que o valha.

8- Perceber que tal qual os pacotes de viagens, também há casos de pacotes que parecem bons demais para estarem acessíveis ou baratos demais e pouco promissores, mas se revelam excelentes pedidas.

9- Se flagrar tratando e sendo tratado como um bem de consumo, exatamente como no caso da comparação entre pessoas e pacotes de viagens.

10- Ficar bolado tentando entender onde está a humanidade das pessoas e chegar à conclusão de que a única que está sob controle é a sua — mas deixar para pensar nisso amanhã, todos os dias.

11- Aprender coisas aleatórias com dates aleatórios que acabam enriquecendo o seu repertório, tais como: onde conseguir dentista de graça na cidade, o motivo pelo qual gregos costumam quebrar pratos, como tratar um cão ansioso ou por que o fuso horário da Península Ibérica não é padronizado.

12- Ficar na dúvida, depois de um encontro, se você já pode lidar com a pessoa como uma criatura normal ou se precisa continuar agindo como um logaritmo.

13- Ter sempre alguém para conversar sobre o episódio “Hang the DJ” do seriado Black Mirror

14- Ter sempre alguém para culpar quando a vida afetiva não está lá aquelas coisas porque você, claro, tem uma atitude impecável sempre.

15- Ter do que reclamar. Os seres humanos amam reclamar das coisas e continuar fazendo, porque, caso contrário, vai ter que procurar coisas novas para se queixar."

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso