Diário da Região

09/10/2018 - 00h30min

Coluna do Diário

Valdomiro e Vaz terão de lutar por sobrevivência

Derrotados nas urnas no domingo, os dois representam em Rio Preto os partidos de França e Doria

Flavio Corvello/Agência Estado Doria e França, que disputam o 2º turno da eleição de governador: futuro de Vaz e Valdomiro atrelado aos dois
Doria e França, que disputam o 2º turno da eleição de governador: futuro de Vaz e Valdomiro atrelado aos dois

Derrotados nas urnas no domingo, 7, tragados pela "onda 17", dois dos principais caciques políticos de Rio Preto, o ex-prefeito Valdomiro Lopes (PSB) e deputado estadual Vaz de Lima (PSDB) vão travar um duelo nas próximas três semanas fundamental para que um ou outro tenha algum poder num futuro imediato.

Depois de uma aliança que durou oito anos, o tempo em que Valdomiro comandou a Prefeitura, os dois romperam com estardalhaço após a sucessão municipal de 2016, quando a coligação capitaneada por ambos foi batida pelo prefeito Edinho Araújo (MDB).

Passados dois anos, os dois ficaram ainda mais fragilizados com fiasco nas urnas neste domingo, Vaz de Lima sem se reeleger deputado estadual e Valdomiro sem a sonhada vaga de deputado federal que esperava conquistar.

Se já tinham perdido a influência na Prefeitura, os dois agora estão sem mandato. A chance de ter uma participação mais ativa na política local e regional vai depender do próximo governador, uma que vez que estão no segundo turno Márcio França do PSB de Valdomiro e João Doria do PSDB de Vaz de Lima. Os dois terão de mostrar serviço daqui até o próximo dia 28, quando São Paulo elegerá o novo governador. No momento, segundo as pesquisas, a vantagem é do candidato de Vaz de Lima.

Falando em segundo turno de governador em São Paulo, o prefeito Edinho Araújo (MDB) - cujo candidato do partido, Paulo Skaf, foi atropelado na reta final - subiu no muro. Questionado ontem se vai de Doria ou França, ele afirmou que ainda não decidiu.

Frase:

"Vou apoiar Bolsonaro no segundo turno porque a chance de o PT dar certo é zero. Já a chance do Bolsonaro dar certo existe e é muito maior"

Geninho Zuliani, ex-prefeito de Olímpia eleito deputado federal neste domingo, 7, pelo DEM, sob as bênçãos do deputado Rodrigo Garcia, do mesmo partido, candidato a vice-governador de São Paulo na chapa de João Doria (PSDB), outro que já anunciou apoio a Jair Bolsonaro (PSL) contra Fernando Haddad (PT) no segundo turno da eleição presidencial

Na Rede

Guilherme Baffi 8/10/2018 Juíza eleitoral Glaúcia Vespoli Oliveira
Juíza eleitoral Glaúcia Vespoli Oliveira

Buscando culpados

Moira Lazaro, catanduvense que encabeçou candidatura de três mulheres filiadas à Rede ao Senado paulista, postou textão para agradecer os 129.146 votos confiados a elas no domingo - e a 15ª colocação entre os 20 candidatos às duas vagas em disputa. "Quem conhece o funcionamento das campanhas políticas na prática sabe que ter votos limpos é um imenso desafio devido à conduta do eleitorado que aproveita o cenário e garante a sua migalha", alfinetou Moira em um dos trechos.

Por educação

Os três vereadores de Rio Preto que se aventuraram nas eleições de domingo, todos derrotados, também foram às redes sociais agradecer os votos recebidos. Dos três, o que se saiu melhor foi Renato Pupo (PSD), com 24.108 votos para deputado estadual, seguido de Pedro Roberto, com 16.392 votos para federal. Anderson Branco (PR) foi o lanterninha, com 3.327 votos para estadual. O vereador, que já se apelidou de "Branconaro", foi ignorado pelos eleitores do capitão.

Palavra de juíza

Um festival de denúncias de urnas fraudadas no País foram postadas nas redes sociais. Rio Preto não ficou de fora. Em entrevista ao Diário na noite de domingo, a juíza eleitoral Gláucia Véspoli Oliveira (foto) rebateu veementemente a boataria.

Fim das mordomias

Quarto deputado federal mais votado de São Paulo com 465.310 votos, o líder do MBL, Kim Kataguiri reforçou, em vídeo de agradecimento nas redes colais, promessa de que vai abrir mão e brigar pelo fim de carro oficial com motorista, auxílio-moradia e outras regalias de que gozam os parlamentares da Câmara e do Senado.

Notas

Divulgação Celso Russomano
Celso Russomano

Generalizado

Além da queda de representatividade da região com a derrota de caciques que não conseguiram se reeleger à Câmara dos Deputados e na Assembleia, todos os candidatos que tentaram a reeleição tiveram votação menor que na disputa de 2014. A exceção foi Fausto Pinato (PP), que há quatro anos foi eleito na esteira de Celso Russomano (foto) e agora quintuplicou os votos.

Vizinhos

A noite de domingo, 7, foi de contraste no condomínio Damha 1, onde o ex-prefeito de Rio Preto Valdomiro Lopes (PSB) e o sindicalista Luiz Carlos Motta (PR) são vizinhos. Enquanto Valdomiro ficou pelo caminho na corrida para deputado federal, Motta foi eleito. A festa rolou apenas de um lado.

No divã

Ainda em meio à ressaca dos resultados, até candidato eleito afirmou que é preciso rever conceitos sobre a campanha. "Foi uma eleição muito estranha. É preciso reavaliar o uso das redes sociais e sua importância, além de se posicionar com firmeza nos debates. Hoje em dia, andar no Calçadão não elege mais ninguém", afirmou.

Câmara vota programa PPI

A Câmara de Rio Preto vota nesta terça, 9, projeto de lei complementar que cria o Programa de Pagamento Incentivado (PPI). De acordo com a proposta, contribuintes poderão efetuar pagamentos de dívidas com descontos, inscritos ou não na dívida ativa, ajuizados ou não, com descontos de juros e multa de mora. O programa vai valer para débitos até o 31 de agosto de 2018. Outra proposta que será analisada pelos vereadores prevê a concessão de isenção do Imposto sobre Serviços (ISS) para a Codasp. Os 17 vereadores avaliam também projeto de emenda à Lei Orgânica do Município que estabelece o prazo máximo de 120 dias para as licenças sem remuneração aos vereadores para resolver assuntos particulares.

Curtas

Gabriela Korossy/Câmara dos Deputados Deputado Major Olímpio
Deputado Major Olímpio

Deu B.O. - Dois casos de propaganda irregular perto de escolas depois do horário permitido foi terminar na polícia. Em um deles, o material de campanha era do deputado Fausto Pinato (PP). Outro caso registrado na polícia foi da campanha de Orlando Bolçone (PSB). Como é praxe, escolas ficaram forradas de santinho no dia da eleição. Uma cultura que ainda vai levar tempo para mudar.

Surfou também - Senador mais votado de São Paulo no domingo, com 9 milhões de voto, Major Olímpio (foto) foi mais um beneficiado pela onda 17, o número do partido de Jair Bolsonaro. Ele superou Mara Gabrilli (PSDB), com 6,5 milhões de votos, que ficou com a segunda vaga, e deixou Eduardo Suplicy (PT), com 4,6 milhões, mais uma vez fora. Em Rio Preto, ele também foi o primeiro com 114,1 mil votos.

Retomada - Com segundo turno definido para presidente do Brasil e governador em São Paulo, eleitores já podem se preparar para retomada do programa eleitoral no rádio e na televisão. A propaganda retorna na sexta-feira, 12. E será bem diferente do primeiro turno. Jair Bolsonaro (PSL) que tinha parcos segundos agora terá 10 minutos no horário eleitoral. O tempo é igual para quem disputa o segundo turno.

Bom garoto - Assessor do ex-ministro da Indústria e Comércio Marcos Pereira, que se elegeu deputado federal pelo PRB neste domingo com 139.165 votos, o jornalista Diego Polachini, que é do distrito de Schmitt em Rio Preto, estava feliz por fazer o dever de casa. Pereira foi o candidato mais votado no distrito com 760 votos. O ex-prefeito Valdomiro Lopes (PSB), por exemplo, ficou com 349.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso