Pelé celebra 78 anos de vida como grande referência mundialÍcone de fechar Fechar
    • São José do Rio Preto
    • máx min

Pelé comemora 78 anos nesta terça-feira ainda sendo reverenciado em todo o mundo como exemplo de profissional. A saúde não é mais a mesma, mas a simpatia e a alegria que demonstra quando aparece em público ajudam a explicar o motivo de tanta idolatria.

O Rei do Futebol tem andado com dificuldades desde que passou por uma cirurgia no quadril, em 2012. Na época, ele chegou a afirmar que houve um erro médico, denúncia que acabou sendo arquivada. A cada dia, Pelé tem mais dificuldades para andar, mas não perde o sorriso e a simpatia. Sempre que comparece aos eventos, dá autógrafos, acena para os fãs e tira quantas fotos forem necessárias.

Com uma personalidade que o marcou durante toda a carreira, o homem que se orgulha de lembrar que nasceu na cidade de Três Corações, em Minas Gerais, também se posiciona sobre vários assuntos e demonstra que, embora seja o maior jogador de futebol de todos os tempos, não se incomoda quando vê suas marcas sendo batidas por alguém, ainda mais quando esse "alguém" é brasileiro

"Pelé é drible, é raça, é gol. É magia, força física, genialidade. E hoje é dia de reverenciá-lo", escreveu a CBF em seu site oficial. "A única coisa que podemos dizer é 'obrigado'. A história do futebol tem muitas versões, muitos capítulos. Mas em todos, há uma certeza: só existe um Rei do Futebol, e ele é brasileiro."

Com a camisa da seleção, Pelé disputou 114 partidas ao longo de 14 anos, tendo marcado 95 gols, até hoje um recorde.

Foi tricampeão mundial, em 1958, 1962 e 1970, e ajudou a transformar o Brasil no País mais temido da modalidade.

Mas foi pelo Santos que Pelé teve mais partidas, gols e títulos. Revelado pelo clube em 1956, quando vestiu a camisa do time profissional pela primeira vez ainda aos 15 anos, o craque marcou época por 18 anos. Foram 1.116 partidas pela equipe, nas quais marcou 1.091 gols.

Entre os títulos de destaque, conquistou duas Libertadores, dois Mundiais de Clubes, seis títulos brasileiros e dez paulistas.

Por isso, neste 23 de outubro, o Santos também publicou em seu site um texto em homenagem a Pelé, explicando a origem de seu apelido e com frases de ex-companheiros o exaltando. Nomes como Pepe, Edu, Zito e Coutinho foram lembrados na publicação que decretava: "Rei Pelé, o maior atleta de todos os tempos".

Recentemente, Neymar o superou em número de jogos na seleção. O Rei do Futebol resolveu se manifestar nas redes sociais, como tem feito com bastante frequência. "Parabéns, Neymar, por superar meu número de jogos pela seleção. Supere meu recorde de gols também. O Brasil precisa de você!", escreveu o ex-jogador.

Justamente por dar sua opinião sempre quando questionado, em alguns momentos o ídolo acabou até sendo ridicularizado. Mas, nem assim, ele perdeu a majestade. Até mesmo seus "desafetos" também o saúdam quando têm oportunidade. O principal deles, Maradona, já o criticou diversas vezes, mas parece que fizeram as pazes.