Diário da Região

30/09/2018 - 00h30min

MEDITAR EM VEZ DE MEDICAR

Ensinar meditação às crianças pode mantê-las longe dos remédios

Em 2017, o Ministério da Saúde passou a considerar meditação como um procedimento de "práticas integrativas/complementares" a ser realizado pelo SUS

Mara Sousa O menino Antonio, 3 anos,medita para manter controle: "ele é muito agitado e o estimulo a se acalmar dessa forma", diz a mãe Andreia que também é adepta da meditação
O menino Antonio, 3 anos,medita para manter controle: "ele é muito agitado e o estimulo a se acalmar dessa forma", diz a mãe Andreia que também é adepta da meditação

São muitos os aspectos positivos da meditação comprovados cientificamente: melhora o funcionamento do cérebro, aumenta a capacidade cognitiva, a concentração e o controle emocional. Também aumenta a massa cinzenta, o fluxo sanguíneo e algumas áreas do cérebro. Mas agora o mundo tem se dado conta, através da ciência, de que a técnica é extremamente benéfica para diversos problemas de saúde e que inclusive crianças podem praticá-la.

As palavras "medicação" e "meditação" têm a mesma origem: do latim "mederi" ou "medere", que significa "curar" ou "tratar". E elas se aproximam cada vez mais, já que a medicina tradicional vem reconhecendo seu poder curativo. Em 2017, o Ministério da Saúde passou a considerar meditação como um procedimento de "práticas integrativas/complementares" a ser realizado pelo SUS.

Até a década passada, não havia respaldo médico. "Agora, através de muitos estudos e instrumentos como a tomografia e ressonância magnética, vê-se a mudança em diversas áreas do cérebro", afirma o psicólogo Michael Postner, da Universidade de Oregon, nos Estados Unidos.

"A habilidade de saber relaxar resulta no equilíbrio do sistema nervoso. Nestas práticas, o sistema nervoso parassimpático é ativado, o metabolismo corporal se acalma, baixando a frequência cardíaca e respiratória, aumentando a capacidade de aprender e se concentrar", diz Ester Azevedo Massola, terapeuta corporal da equipe de medicina integrativa do hospital Albert Einstein.

"A meditação, por ser uma prática que proporciona benefícios para o físico, a mente e o espírito, deve ser praticada o mais cedo possível. O ideal é motivar as crianças pelo exemplo", explica o neurocirurgião e coach Eduardo Silva. Os bebês, segundo ele, já têm a capacidade de imitar gestos, posturas e comportamentos pela observação, como já foi constatado após a descoberta dos neurônios-espelho. Uma criança que observa as ações, posturas, movimentos e comportamentos dos pais tendem a imitá-los. "Em minha opinião, os pais, cuidadores e professores devem estimular as crianças a praticarem meditação em toda a sua fase de desenvolvimento", diz ainda.

Vários pesquisadores, entre eles o neurocientista norte-americano Daniel Siegel, estimulam a prática de meditação para crianças com o objetivo de aquietar o corpo e a mente. "Os benefícios oriundos da meditação para crianças são controle do estresse, da ansiedade, relaxamento físico e mental, além de melhorar o sono, aumentar a atenção e concentração com melhora do aprendizado e melhor controle emocional", afirma Silva.

Diversos estudos vêm mostrando os ganhos reais na qualidade de vida de quem pratica meditação, como o da Universidade Carnegie Mellon, nos Estados Unidos, que apontou redução de estresse e baixos níveis de inflamação no cérebro.

Suporte editorial

O Diário dará suporte editorial a um projeto inédito que será implantado em fevereiro de 2019 em uma escola de educação infantil de Rio Preto: o Movimento Abraçar. O modelo é semelhante ao desenvolvido na creche Monte Cristo, em Campinas, e o cerne do projeto é a formação educacional com valores humanos.

Benefícios para a saúde

  • Melhora o sistema cardiovascular
  • Alivia insônia
  • Reforça o sistema imunológico
  • Evita distúrbios mentais
  • Alivia a dor

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso