Diário da Região

09/08/2018 - 22h29min

Proteja-se

Veja dicas de segurança para prevenir contra roubo a residência

Orlandeli

O crime de roubo previsto no artigo 157 do Código Penal Brasileiro é um crime que por ser praticado mediante grave ameaça ou violência, coloca a vítima em situação de risco constante. Esse tipo de delito vem sendo praticado cada vez mais com o uso de arma de fogo, que quando praticado no interior de residência também pode afetar psicologicamente a vítima de forma permanente.

Podemos dizer que quando se trata de roubo a residência, em quase sua totalidade, é praticado de forma premeditada e com o uso de arma de fogo, além do fato de ser um crime que provoca um grande transtorno emocional e muitas vezes físico para as vítimas, que têm a própria casa como um local de segurança, é também um crime que normalmente tem uma longa duração.

O roubo a residência também ocorre, de forma mais especializada, em prédios e condomínios. Apesar de terem uma segurança elevada, estes locais não estão livres deste tipo de delito.

O que dificulta o trabalho da polícia na fase de repressão é que, muitas vezes, a vítima deixa de passar informações importantes e até mesmo reconhecer o autor ou autores do delito, o que ajudaria na prisão e condenação dos infratores, pelo fato de ter medo, tendo em vista que passa a acreditar que sua residência não é mais um local seguro ou pelo descrédito no sistema penal brasileiro.

O que fazer

No caso de ocorrência desse tipo de delito, procure manter a calma, fale de forma clara e evite desafiar os criminosos. Tente prestar atenção na aparência física dos infratores, principalmente quanto ao tipo de tatuagens, cicatrizes, nomes e gírias faladas. A observação dessas características pode ser essencial para a localização dos infratores. Não esqueça que sua vida e a de sua família vêm em primeiro lugar.

Dicas de segurança

Apesar do aparato tecnológico voltado para segurança disponível no mercado estar cada vez mais evoluído, é importante ter cuidado ao entrar e sair da residência, pois é o momento em que o morador vai estar com o portão aberto e vulnerável. Ao sair da residência, se houver mais alguém em casa, avise que você está saindo para que ela acompanhe da residência a sua saída.

Ao chegar, procure observar se há veículos ou pessoas estranhas próximas à entrada, ou até mesmo avise que você está chegando em casa. Evite fazer comentários sobre o que você possui na sua residência, principalmente quanto a cofres, joias e valores recebidos. Tenha um bom relacionamento com seus vizinhos, eles podem salvar sua vida.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso