Diário da Região

31/08/2018 - 07h37min

EDUARDO COSTA

'A mulher é minha, faço o que quiser', diz cantor, acusado de machismo

Sônia Abrão criticou vídeo postado por Eduardo Costa em que o cantor xinga a mulher por causa da roupa que ela usava para ir à academia

Reprodução/Instagram Eduardo Costa rebateu as críticas de Sônia Abrão: 'A mulher é minha'
Eduardo Costa rebateu as críticas de Sônia Abrão: 'A mulher é minha'

No A Tarde é Sua da última quarta-feira, 29, Sonia Abrão fez duras críticas ao cantor Eduardo Costa por conta de um vídeo que ele publicou no Instagram xingando sua noiva, Victória Villarim, por conta da roupa que ela estava usando. Horas depois, o artista rebateu as críticas.

"Eu estou estupefata, indignada. Mais uma vez vou falar de um ataque de machismo e grosseria do senhor Eduardo Costa. Não sabe namorar? Não sabe tratar uma mulher? Não sabe que a relação é de igual para igual?", disse a apresentadora no programa antes de exibir o vídeo que Costa publicou no Instagram.

O vídeo em questão mostra Victória na academia, quando Costa chega e fala: "Isso é roupa da mulher vir para academia, não tem um pingo de vergonha na cara a filha da p***. Tem que se comportar. Tem que ter vergonha na sua fuça".

"É o auge da falta de educação, da falta de respeito, do machismo. É um troglodita, ele realmente acha que é o 'dono' dela, que é o objeto dele. É um horror, realmente", continuou a jornalista. Após a exibição no programa, muitos internautas foram até o perfil de Costa para criticá-lo pelo machismo.

Com a repercussão negativa, o sertanejo publicou uma série de vídeos no Stories rebatendo as críticas de Sonia Abrão. "O que você faz, Sonia Abrão, não é um problema meu, mas eu queria que você respeitasse as brincadeiras que eu faço com a minha mulher, até porque eu nunca critiquei seu programa. A minha mulher usa roupa curta, né, ela usa a roupa que ela quiser. Mas se eu falar que não é para ela usar, ela não vai usar não", falou o cantor.

"Não é porque o corpo é dela e as regras são dela que ela não tem que me respeitar. Se eu pedir pra ela não usar certos tipos de roupa, ela não vai usar. Se isso me coloca como machista, pode me chamar de machista. Eu não gosto. Dependendo da roupa, eu não quero que coloque. Então tem hora que eu falo: 'Não quero que você vá com essa roupa, troca'. Se isso é ser machista pode me colocar nesse balaio aí, mas acho que não sou não", continuou. "O Instagram é meu, a mulher é minha, eu faço o que eu quiser", falou. 

 

Tarde meu povo... e aí, bão??? #17

Uma publicação compartilhada por Eduardo Costa (@eduardocosta) em

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso