Diário da Região

17/08/2018 - 22h11min

DIARINHO

Caça ao Saci-Pererê

Atividade em escola municipal sobre folclore brasileiro mergulha na lenda do Saci

Mara Sousa 16/8/2018 DI@RINHO Para comemorar o Dia do Folclore, crianças mergulham no mundo de fantasias do Saci-Pererê Pág. 5B
DI@RINHO Para comemorar o Dia do Folclore, crianças mergulham no mundo de fantasias do Saci-Pererê Pág. 5B

A criançada do 4º ano da escola municipal Regina Mallouk passou a semana "caçando" o Saci-Pererê, personagem folclórico da cultura brasileira, em comemoração à data da próxima quarta-feira, 22, dia do Folclore. "Tem que usar uma peneira, esperar um dia de vento, achar um redemoinho para encontrar o Saci e colocá-lo na garrafa", disse Ana Lívia Laureano, de 10 anos.

A atividade da criançada teve início com a leitura do livro "O Saci", de Monteiro Lobato. Na aventura, a turma do Sítio do Pica-pau Amarelo aprende a capturar o Saci com o Tio Barnabé. Para compreender a história e ilustrá-la, as crianças desenharam e coloriram seus próprios Sacis e colocaram-nos em várias garrafas, em referência à lenda do folclore.

"Conheci um personagem que nem sabia da existência. Achei a história legal porque o Saci é bagunceiro e eu também sou um pouco", comentou Jaqueline dos Santos, 10. O Saci é travesso e se diverte com as traquinagens que faz com as pessoas.

A ideia do professor da turma é resgatar o folclore através de um personagem que costuma atrair a atenção dos alunos. "O folclore brasileiro é extremamente rico e devemos apresentá-lo a nossas crianças. Eles adoram as histórias, charadas, músicas e tradições. A maioria dos personagens protege a natureza e possui histórias que são importantes lições de vida e reflexão", explicou o professor Leandro Ferreira. "Valoriza também o que é nosso. Eles adoram animes e desenhos de outras culturas, mas conhecer esses personagens folclóricos é enriquecedor para eles", acrescentou Leandro.

(Colaborou Victor Stok)

 

Vamos dar risada

Sinceridade

A família estava andando pela rua quando uma mulher, nervosa, diz:

- Minha senhora, quer fazer o favor de pedir ao seu filho que pare de me imitar???

A mãe fala para o filho:

- Zequinha, eu já disse pra você parar de bancar o bobo!

Coisa de irmãos

O irmão e a irmã entram em casa machucados. A mãe quis saber o que tinha acontecido. A irmã disse:

- É que eu escorreguei em uma casca de banana e caí.

- E você, meu filho, como se machucou?

- Eu ri do tombo dela.

Agendinha

Contação de histórias

O Sesc Rio Preto apresenta a contação de histórias "Minhas Duas Avós" para as crianças neste sábado, 18, às 15h30, na Área de Convivência. A história apresenta um universo de imagens de avós que todos nós gostaríamos de ter.

Teatro

O espetáculo deste domingo, 19, às 16 horas, no Iguatemi Rio Preto, é "As Aventuras de Sininho". Na história, uma fada travessa que nasceu com um dom com o qual não se identifica precisa aprender o verdadeiro valor dele para trazer de volta a primavera. A entrada é gratuita.

Mundo dos Blocos

O Riopreto Shopping recebe até o dia 2 de setembro "O Mundo dos Blocos", uma área de 200 metros quadrados com 3 mil blocos de diversos tamanhos e formatos para receber pessoas de todas as idades. Para participar, o valor é R$ 14 por 15 minutos e R$ 11 os 15 minutos adicionais. Se o acompanhante for adulto, tem um acréscimo de R$ 6.

Minha dica é...

Divulgação Minha Dica é ...
Minha Dica é ...

Curupira

Minha dica é o livro Lendas Brasileiras: Curupira, porque gostei da história. Aprendi que não podemos estragar a natureza e não podemos prejudicar os animais, principalmente os filhotes. Temos que ajudar a preservar a natureza e ajudar a cuidar dela, assim como o Curupira faz.

Jéssica Lauane de Souza Carvalho, 10 anos

Rosa

Divulgação Leitura Bacana
Leitura Bacana

Autor: Odilon Moraes

Editora: Edições Olho de Vidro

O livro "Rosa" é indicado para crianças a partir dos oito anos de idade e trata de um tema que serve não só para os pequenos, mas para os adultos também. A aventura narra a história de um pai que em um "endoidamento" nomeia o filho recém-nascido de Rosa. Após isso, ele se isola em uma canoa sobre o rio sem nunca mais voltar à margem, nem para sua família. A obra homenageia o universo do escritor Guimarães Rosa.

 

Mostre o seu desenho

Crianças de até 12 anos podem participar da seção enviando uma foto em que mostre seu desenho para o WhatsApp do Diário (17) 99129-7019

 

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso