Diário da Região

    • -
    • máx min
29/07/2018 - 00h00min

GRÉCIA

Atenas à grega: Saiba como explorar a cidade como os moradores

Além de transbordar cultura, capital grega oferece ainda uma sensação de escapada para uma ilha

Vasileios Petridis/Agência O Globo Visitantes no Lago Vouliagmeni: atração entre uma praia e outra
Visitantes no Lago Vouliagmeni: atração entre uma praia e outra

Sabia que os três sítios arqueológicos mais importantes da Grécia (o Partenon, o Templo de Poseidon, em Sounio, e o Templo de Afaia, na ilha de Egina), o triângulo sagrado da Antiguidade, têm vista para a faixa costeira de Atenas? E que, a menos de dez quilômetros do Centro, há um litoral deslumbrante com praias, atividades aquáticas, hotéis luxuosos e marinas cheias de iates particulares? Pois é, a capital grega, além de transbordar cultura, oferece ainda uma sensação de escapada para uma ilha.

A Riviera de Atenas é uma parte intrínseca da identidade da capital, e conhecê-la será uma experiência onde o mar estará a seus pés, a cidade às suas costas e o sol em seus ombros. São 64 quilômetros a partir de Syntagma para chegar ao Templo de Poseidon. O caminho até o templo oferece vistas estonteantes, e parar em alguns locais até alcançar o sítio é aproveitar ao máximo suas belezas.

Ônibus públicos têm rotas até Sounio por apenas 7 euros por pessoa, numa viagem de duas horas. Mas o bacana mesmo é alugar um carro e ir fazendo paradas, como em Vouliagmeni. Ali, há praias como a popular Kavouri, a cosmopolita e com entrada cara Astir e a familiar Akti. Uma experiência diferente é o Lago Vouliagmeni e sua água salobra, com 30% provenientes do mar e 70% de nascentes termais subterrâneas. Outras opções badaladas ficam em Varkiza, na animada praia Yabanaki ou na cinco estrelas Lagonissi. A maioria das praias em Atenas é organizada e oferece boa infraestrutura. Por isso, as entradas ou espreguiçadeiras são cobradas por pessoa e variam de € 5 a € 30. Quanto mais cara, melhor estruturado e chique será o ambiente.

Depois de Lagonissi, o caminho pela estrada costeira tem paisagens lindas e no final dela se ergue, num promontório, o Templo de Poseidon, com vista para todo o Golfo Sarônico e de onde se pode observar um belíssimo pôr do sol. A região abriga várias tabernas e um dos mais glamourosos resorts de Atenas, o Cape Sounio, conhecido como refúgio para gregos e turistas mais reservados.

São incontáveis as possibilidades de paradas, numa costa cheia de atrações. No entanto, o melhor a fazer na volta é escolher locais mais próximos de sua hospedagem. Isso porque verão na Grécia também é sinônimo de trânsito intenso na Riviera Ateniense. Visite Glyfada, considerada uma pequena Miami pelos gregos, para passear pelo comércio e apreciar uma de suas tabernas, ou siga para a Marina Flisvos, no Paleo Faliro, e curta uma caminhada entre iates ancorados, restaurantes e bares.

As reais experiências da noite grega acontecem nas badaladas casas noturnas em frente ao mar. É preciso estar bem arrumado para entrar no mundo dos clubes Island, Balux, Bolivar, Akanthus, Posidonio ou Frangelico. Os dois últimos são boates de música grega, chamadas de bouzoukia, onde muitos se imaginam diante do famoso Zorba, o grego, dançando em cima de mesas, jogando flores nos cantores e gastando bastante dinheiro. A prática de quebrar pratos como apreciação do público por um cantor, ou para animar um grupo de pessoas dançando, foi proibida por segurança.

Se for preciso descansar antes de seguir para o próximo destino, então a dica é desacelerar. Afinal, você conseguiu em três dias conhecer a verdadeira Atenas pelos olhos dos atenienses. E olha que a capital grega ainda tem mais para mostrar. E a Grécia não é um país para ser deixado assim tão facilmente. 

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso