Diário da Região

05/08/2018 - 00h30min

Saúde física

Varizes afetam 40% da população, principalmente as mulheres

Quatro em cada dez mulheres sofrerão com varizes ao longo da vida. Entre os sinais de alarme estão inchaço, coceira, queimação, formigamento e sensação de peso nas pernas

Pixabay/Divulgação Pernas para o alto
Pernas para o alto

Seus caminhos tortuosos parecem não ter fim. Se olhar mais de perto, dá a sensação de que uma teia de aranha arroxeada se formou ali. Esteticamente ou não, as varizes afetam cerca de 40% da população, principalmente mulheres. "Varizes são veias dilatadas e tortuosas cuja causa principal é de ordem constitucional, ou seja, genética, onde alterações nas camadas elásticas da parede das veias tornam estas mais suscetíveis a dilatações ao longo da vida", explica Emerson Ciorlin, cirurgião vascular e angiologia do Instituto de Moléstias Cardiovasculares (IMC), em Rio Preto.

Segundo Ciorlin, entre os principais sintomas estão: dores nas pernas (tipo peso ou queimação) associadas a inchaços que se acentuam no período vespertino. "Pode ainda apresentar câimbras, alterações de coloração da pele das pernas e pés e principalmente o incômodo estético que sempre está presente, causando mudanças nos hábitos de vida, tanto pessoal quanto social", explica o especialista.

Sempre surge uma dúvida quando falamos em varizes e vasinhos. Será que é tudo a mesma coisa? "A diferença básica entre eles está nas dimensões, ou seja, no tamanho do vaso afetado. Os vasinhos ou telangiectasias, como são denominados, são vasos de aproximadamente 1 milímetro de diâmetro, enquanto as varizes são vasos de maior calibre e que se tornaram dilatados e tortuosos", frisa Ciorlin, que continua: "Frequentemente são observadas veias de maior calibre (nutridoras) na região que apresenta muitos vasinhos, estando relacionadas ao mecanismo de aparecimento dos mesmos", diz.

A prevenção pode ser realizada através da realização de atividades físicas frequentes e cuidados com a saúde de uma maneira geral, incluindo alimentação adequada com controle de peso, somente uso orientado de anticoncepcionais, evitar posições que aumentem as chances de aparecimento de novas varizes, uso de meias elásticas quando indicadas entre outras. Selma Fernandes, fisioterapeuta e coordenadora do curso de Fisioterapia da Unorp, em Rio Preto, aponta sapatos e o cigarro como vilões.

"A circulação venosa da perna depende do bombeamento de sangue realizado pela musculatura da panturrilha. Evite usar salto muito alto por longos períodos. Sapatos sem saltos (chinelos, rasteirinhas) também devem ser evitados. O ideal são sapatos de meio salto (3 a 4 centímetros) e que sejam confortáveis", diz ela, que continua: "A nicotina aumenta a viscosidade do sangue. Dessa forma, o bombeamento do sangue se torna mais difícil e ele tende a se acumular nas veias das pernas, provocando as varizes", pontua.

Exercitar-se é o melhor remédio

Mara Sousa Selma ensina como movimentar a panturrilha para contribuir com a circulação venosa das pernas
Selma ensina como movimentar a panturrilha para contribuir com a circulação venosa das pernas

Simples mudanças no dia a dia podem contribuir para a prevenção do surgimento de varizes e vasinhos. "O fator hereditário não tem como evitar, pois é um problema intrínseco, ou seja, vem de dentro, mas existem algumas atitudes que podemos ter para prevenir ou até postergar o aparecimento das varizes, que são os fatores externos ou extrínsecos", explica Selma, que dá algumas dicas.

Caminhada: é muito benéfica para a saúde, além de ser um exercício simples. Ela ajuda a melhorar a circulação e prevenir as varizes. Lembrando que o calçado deverá ser ideal e confortável.

Bicicleta: movimentação constante de flexão e dobramento das pernas é benéfico para evitar o aparecimento de varizes. Se não tiver tempo de andar de bicicleta, você pode simular o exercício em casa: deite com as costas no chão, coloque os braços esticados ao lado do corpo e faça o movimento de pedalar.

Círculo com os pés: movimente os pés por 30 segundos. Desenhe um círculo com a ponta dos pés, alternando a direção dos movimentos.

Panturrilha: após apoiar os pés no solo, levante o calcanhar, fique na ponta dos pés e depois encoste novamente o calcanhar no chão. Repita o movimento 15 vezes.

Pernas para o alto: para aliviar os sintomas no final de um dia estressante, você poderá deitar e colocar as pernas para o alto (de forma que os pés fiquem mais altos que sua cabeça). Para isso utilize travesseiros ou cobertores. Essa simples dica ajudará o seu retorno venoso.

Drenagem linfática manual: a drenagem poderá ser utilizada para minimizar os sintomas de edema e pernas cansadas.

 

Há tratamento

Existem diferentes métodos de tratamento para varizes, sendo necessária uma avaliação individual. O tratamento clínico consiste no uso de medicamentos e cremes, associado à realização de atividades físicas e uso de meias elásticas em determinadas situações. "O tratamento invasivo das varizes pode ser cirúrgico ou ambulatorial. No método cirúrgico, temos as cirurgias tradicionais com o uso de aparelhos e equipamentos para melhorar os resultados alcançados. Os métodos ambulatoriais incluem as escleroterapias dos vasos através da utilização de líquidos, espuma ou laser", diz Ciorlin.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso