Diário da Região

    • -
    • máx min
07/07/2018 - 10h27min

DIA DO CHOCOLATE

Você se considera um chocólatra? Faça o teste

Alto consumo e dependência são facilmente confundidos no imaginário popular  

Pixabay Dia Mundial do Chocolate é comemorado no dia 7 de julho
Dia Mundial do Chocolate é comemorado no dia 7 de julho

Aos amantes de doce, este sábado, 7 de julho, é perfeito. Afinal, é o Dia do Chocolate. Para comemorar esta data, nada melhor do que devorar aquele bombom esquecido num canto da casa. Agora, se você é do tipo que não deixa o chocolate perdido pelo caminho, já deve ter se questionado: será que sou um chocólatra?

A nutricionista comportamental Juliana Pereira Santos afirma que o alto consumo de doce e o vício por chocolate nem sempre têm relação. Segundo a profissional, o consumo exagerado não caracteriza a dependência por chocolate. “O chocólatra não come uma barra sozinho, ele precisa da segurança de que tem mais para o consumo futuro”, conclui.

Juliana também coloca que o distúrbio está, em geral, associado a tendências de depressão e ansiedade. “O chocolate não é o grande vilão. Tudo depende da relação que estabelecemos com ele”.

O Diário preparou um teste rápido para você descobrir se é, ou não, um chocólatra. Confira abaixo.

Você prefere chocolate ao leite?

De acordo com pesquisas, os viciados preferem o chocolate ao leite. Não se pode dizer, porém, que é por conta do açúcar. A relação pode estar por conta da cremosidade. “A sensação de algo derretendo na boca deixa o processo mais prazeroso”, explica Juliana.

Sua necessidade é diária?

Mulheres costumam comer mais doces em períodos de Tensão Pré-menstrual (TPM) e homens em situações de pressão e ansiedade. O consumo momentâneo não pode ser caracterizado como vício. Uma pesquisa da Universidade de São Paulo (USP) mostrou que pessoas com alta ingestão delimitada a alguns períodos não podem ser consideradas chocólatras. Isso porque esta vem aliada às mudanças de estímulos e hormonais.

Prefere sexo ou chocolate?

Estudos realizados pela empresa de alimentos britânica Cadbury mostram que principalmente a ala feminina prefere o consumo de chocolate à relações sexuais. A decisão é um grande indício de vício, por estar ligada com a certeza de que a sensação de prazer é garantida.

Você confere se ainda tem doce em casa, mesmo sem estar com vontade?

Assim como a nicotina, o açúcar e outras substâncias do chocolate causam dependência. A subordinação faz com que chocólatras tenham crises de ansiedade só de pensarem em não encontrá-lo.

Já se escondeu para não dividir o bombom?

A dependência faz com que as pessoas fiquem mais egoístas. Embora seja culturalmente engraçada, a imagem de uma pessoa escondendo comida pode significar algum grau de depressão. “Pessoas mais depressivas tendem a aumentar em níveis perigosos o consumo de açúcares e doces”, ressalva a nutricionista Juliana.

RESULTADO

E aí? Respondeu mais sim? Se isso aconteceu, procure um especialista. O vício em chocolate está quase sempre ligado a questões emocionais, aponta a pesquisa inglesa. Os dados revelam que a reeducação alimentar e o controle emocional são os principais fatores para abandonar o vício.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso