Diário da Região

    • -
    • máx min
15/07/2018 - 00h00min

SAÚDE EMOCIONAL

Aprenda a se desapegar para evoluir

O que passou, passou; o melhor é começar de novo

Freepik/Divulgação Balões
Balões

Desapegar não é uma tarefa tão fácil. Em maior ou menor grau, todos sentem ou já sentiram apego pela família, pelo trabalho, por objetos, por um grande amor ou, até mesmo, pelo passado. "Afinal, se coisas boas se vão é para que coisas melhores possam vir. Esqueça o passado, desapego é o segredo", disse o escritor e poeta português Fernando Pessoa (1888-1931).

O líder espiritual indiano Osho já dizia que todas as nossas misérias e sofrimentos não são nada mais do que apego. Toda a nossa ignorância e escuridão é uma estranha combinação de mil e um apegos. Nós estamos apegados a coisas que serão levadas no momento da morte, ou mesmo, talvez, antes. "Todas as nossas posições, todos os nossos poderes, nosso dinheiro, nosso prestígio e respeitabilidade são todos bolhas de sabão. Não fique apegado a bolhas de sabão; senão, você estará em contínua miséria e agonia", disse. Para ele, o desapego é certamente a essência do caminho.

"O desapego é uma qualidade de sentimento de comportamento que nos permite 'deixar ir', 'soltar', 'entregar ao próprio destino' todas as coisas do mundo que podem estar temporariamente conosco, podem ser zeladas e estimadas por nós, mas não são realmente nossas", diz o escritor Erik W. Jann em o "Pequeno Livro dos Remédios da Alma" (ed. Resson).

"O hábito de guardar coisas e a dificuldade de se desfazer podem sair do controle, virar doença e trazer consequências danosas ao nosso sistema emocional", diz a psicoterapeuta Socorro Leite. Segundo ela, não há como crescer e evoluir se a pessoa continua presa ao passado. "As pessoas apegadas podem apresentar diversos sintomas como ansiedade, fobia e depressão. E quando o ser humano vive nessa frequência, o padrão de pensamentos acaba ficando resistente à mudança e a pessoa não percebe qual é o melhor momento para desapegar-se do velho. Isso porque o apego perturba a mente e nos impede de agir com liberdade", complementa.

Se você deseja se sentir mais leve, alegre e viver mais feliz, precisa compreender que o desapego é necessário para o crescimento pessoal."Praticar o desapego significa renovar-se. Solte as amarras do passado e diga pára si mesma: O que passou, passou. Jamais voltará e o melhor é começar de novo. É hora de mudar. É hora de se desapegar", sugere.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso