Diário da Região

    • -
    • máx min
08/07/2018 - 00h00min

AS EMPRESAS ESTÃO DE OLHO EM VOÊ

Consultor fala sobre comportamento dos profissionais nas redes sociais

Comportamento inadequado pode ir parar nas redes sociais e custar seu emprego

Pixabay/Divulgação Carreira
Carreira

Você deve ter visto recentemente a notícia da demissão de um funcionário da Latam após ter aparecido em um vídeo com outros brasileiros constrangendo mulheres durante a Copa da Rússia. A dispensa reacendeu a discussão sobre o comportamento dos profissionais nas redes sociais e as consequências para suas carreiras.

Acredite, por mais descontraído que pareça o ambiente, as redes sociais podem influenciar, sim, no seu trabalho. Portanto, cuidado com o seu comportamento não só dentro, mas também fora da empresa. Em época de câmeras por todos os lados e celulares que filmam e fotografam tudo, sua foto ou vídeo aparentemente “inocentes” podem parar a qualquer momento nas redes sociais e custar até mesmo o seu emprego por justa causa.

Mas, como saber esse limite? Simples, basta levar em conta que nesse novo mundo on-line que muitos estão descobrindo são necessários muitos cuidados similares aos que tomamos em nosso dia a dia, nos passeios, no trabalho ou em casa. “O recomendável é dar foco adequado ao que é positivo e evitar exposições desnecessárias”, diz o consultor em recursos humanos Celso Bazzola, e diretor executivo da Bazz Estratégia e Operação de RH.

“Assim como o funcionário quer e gosta de trabalhar para uma empresa com uma reputação idônea, de ‘nome’ e valor no mercado comercial, as empresas também querem e têm o direito de ter funcionários que possuam idoneidade moral”, explica a advogada trabalhista Cintia Lima. Assim, segundo ela, a lei trabalhista concede às empresas o direito de dispensar o funcionário por “justa causa” nas hipóteses de “incontinência de conduta” e “mau procedimento”, entre outras hipóteses.

A “incontinência de conduta” está ligada ao comportamento irregular do funcionário com a moral sexual, enquanto o “mau procedimento” ocorre quando o funcionário age de forma incompatível com as normas exigidas pelo senso comum do homem médio. “Dessa forma, é muito importante os funcionários terem cautela de suas postagens nas redes sociais, pois uma ofensa a terceiros, fotos dentro da empresa em horários de serviço, dizeres ofensivos ao supervisor hierárquico, aos colegas ou até mesmo contra a empresa, podem gerar e ser usados como prova para a empresa em seu direito de dispensar o funcionário por justa causa”, afirma Cintia.

Se não quer correr riscos, fique atento. “O funcionário deve evitar se expor demais, deve ter atos compatíveis com as normas exigidas pelo senso comum para que a sua individualidade, bem como, a sua liberdade de expressão não entre em conflito com o exercício do seu trabalho”, complementa a advogada.

Cuidado com o que posta e curte

Vivemos uma realidade na qual o que se fala, curte, quem segue e tudo mais pode ser usado a favor e contra profissionalmente. "Vejo muito isso em contratações, onde as áreas de recursos humanos já utilizam desse artifício. Frases mal postadas, preconceito, xingamentos ou declarações desnecessárias pegam muito mal", diz Ricardo Barbosa, consultor em gestão de projetos. Para postar, basta ter bom senso e utilizar as redes sociais com inteligência, tendo a consciência do impacto das suas ações.

"Coloque em uma balança os pontos positivos e negativos de uma postagem. Sei que parece chato, e tira um pouco a graça dessas redes, mas essa é a única forma de garantir que o postado nas redes sociais não interferirá no lado profissional", afirma Barbosa. As pessoas hoje têm acesso ao que você faz 24 horas. Por isso, preserve sua imagem. "Lembrando que ser feliz não é o que se está na rede mundial", conclui.

 

Cuidados na rede

Pense antes de curtir uma publicação ou página - Antes de curtir e compartilhar um texto, leia atentamente para ver se não nada nas entrelinhas. E se for curtir uma página ou participar de uma comunidade, pesquise antes, evite as que incitem o ódio ou o preconceito

Antes de escrever algo pense - Analise os pontos positivos e negativos de uma postagem. Parece chato, e tira um pouco a graça dessas redes, mas essa é a única forma de garantir que o postado nas redes sociais não interferirá no lado profissional. As pessoas hoje tem acesso ao que você faz 24 horas. Por isso, preserve sua imagem.

Evite situações não profissionais - Multiplicam-se as fotos de baladas, roupas de banho e bebedeiras nas redes. Não cabe a ninguém julgar o estilo de vida das pessoas, mas se expor de forma inadequada trará consequências negativas para imagem de um profissional. Todos estão expostos a avaliações, por isso pode ter certeza que isso contará na hora que olharem, e não adianta bloquear o acesso das pessoas as suas fotos nas redes sociais e achar com isso que está segura pois outras pessoas poderão compartilhar a mesma foto.

Não esqueça do compartilhamento rápido - O compartilhamento de informações é muito rápido, e com isso também é muito fácil ser visto e ser alvo de entendimentos errôneos e pré conceitos nas redes sociais. É recorrente as pessoas avaliarem os profissionais pelo que observam em fotos. Antes de tirar qualquer foto, tenha em mente que você será julgado por ele. Um profissional deve ter sempre como palavra de ordem em suas redes sociais a prevenção da imagem.A postura preventiva é a melhor saída.

Fontes: Celso Bazzola, consultor em recursos humanos e Ricardo Barbosa, consultor em gestão de projetos

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso