Diário da Região

    • -
    • máx min
06/07/2018 - 00h30min

Painel de Ideias

A sensação da Copa

Os resultados são impactantes. Injustiças são corrigidas imediatamente. O pênalti que o árbitro não viu é marcado, o gol de mão anulado, a agressão punida. Assistir o VAR em ação dá uma sensação de alívio

Divulgação Sérgio Clementino | sergio.clementino@uol.com.br
Sérgio Clementino | sergio.clementino@uol.com.br

Injustiça dói. Dói no esporte, quando vemos a má-fé ser beneficiada. Um gol de mão validado, por exemplo. Mas dói principalmente na vida real, quando um condenado a mais de 30 anos de prisão sai livre.

Ésquilo, dramaturgo grego que viveu no século V, a.C., disse: "Os malvados que têm sucesso são insuportáveis". Sim, não é fácil suportar o sucesso da injustiça.

No futebol, pelo menos, uma novidade pode mudar as coisas. A Copa ainda não acabou, mas o que mais tem chamado a atenção não é uma seleção ou um jogador. A sensação do mundial tem sido o VAR, o sistema que permite a revisão das jogadas, o árbitro de vídeo. A cena do juiz desenhando um quadrado no ar já marcou esta Copa. Todo mundo já sabe, a jogada será revisada.

A tecnologia não é nova nem complicada. Câmeras captam o jogo por diversos ângulos. Em uma cabine, os árbitros de vídeo assistem os lances. Em caso de dúvida, jogadas importantes como gols, impedimentos e pênaltis podem ser revistos. O árbitro principal é comunicado por rádio e revê a jogada em um monitor. Então avalia se mantém sua decisão.

Os resultados são impactantes. Injustiças são corrigidas imediatamente. O pênalti que o árbitro não viu é marcado, o gol de mão anulado, a agressão punida. Assistir o VAR em ação dá uma sensação de alívio. O apoio é instantâneo. Todo mundo aplaude.

Quer dizer, quase todo mundo. No Brasil tentou-se colocar o sistema no Campeonato Brasileiro deste ano. Dos vinte clubes, somente sete aprovaram. Uns questionaram o custo, muitos alegaram que haveria "desequilíbrio" no campeonato. Não se sabe exatamente o que seria isso, mas é difícil imaginar um equilíbrio que dependa da injustiça para se manter.

Claro que o VAR não é perfeito. Tampouco a FIFA e CBF são propriamente símbolos de correção. Mas uma novidade que vem para diminuir (e muito) o erro nas decisões não é negativa. Falhas ainda podem acontecer. A seleção brasileira mesmo reclamou de lances polêmicos. A decisão do árbitro ainda continua a depender da interpretação do lance. Mas a ajuda da tecnologia é bem-vinda.

Na vida real não temos um VAR para combater nossos desvios do dia-a-dia. O mais próximo disso é o radar de trânsito. Comete-se a infração, lá está a imagem pra provar o erro. Não por acaso ele é tão odiado.

Mas seria interessante. Imagine rever imagens das negociatas, dos conchavos e das falcatruas. Nem o mais benevolente dos julgadores conseguiria evitar a punição. Sim, eu sei, é apenas uma utopia. Mas o fato é que a tecnologia, em particular as imagens, vem mudando a forma como aplicamos regras e decidimos conflitos. Seja nos esportes ou fora deles, uma imagem do exato momento do fato é uma das melhores provas.

O futebol já nos ensinou a união em torno de alguma coisa. Quem sabe ainda nos ensine a importância de cumprir regras e consertar injustiças. Elas doem. Dentro e fora do campo.

 

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso